Review: Empire s02e05 - "Be True" | Cinema de Buteco
Destaques Séries e TV

Review: Empire s02e05 – “Be True”

b5339a95-d241-4608-9bfa-29715b498ef5-1020x612 Review: Empire s02e05 - "Be True"

Existe redenção para o maior dos pecadores? Essa é a grande premissa do quinto episódio dessa segunda temporada. Após Lucious descobrir que realmente não possuía doença alguma, e deixar de ser uma personagem ambígua para ser o grande vilão da história, Empire tinha que oferecer uma outra alternativa para Andre, já que a vaga fora preenchida por outro. E por que não à redenção? Como Cookie mesmo disse, todos nós cometemos grandes erros, e nem por isso nos tornamos pessoas ruins. Andre, por causa de seu transtorno de bipolaridade, é muito duro consigo mesmo, mas finalmente parece ter encontrado o caminho para sua paz de espírito.

Muitas séries apostam no caminho mais fácil, redimindo suas personagens em seus últimos momentos, Empire teve colhões de apresentar essa narrativa antecipadamente e nos permitir acompanhar essa trajetória de “beatificação” de Andre. A execução da storyline foi muito boa, afinal, desde que a temporada começou que os roteiristas vêem justificando todos os atos de Andre através de sua doença, deixando bem claro que todos os seus erros foram cometidos de uma forma passional, movido à ciúmes, inveja e rejeição. Só faltava mesmo dar o último passo, o perdão.

O fato de Andre vir à publico em sua família e confessar à um por um seus erros com os mesmo, faz dele uma personagem maior, como que se recuperasse todo o respeito que perdeu ao longo da primeira temporada. E também, o fato família Lyon estar extremamente mergulhada na lama, fez com que muitos de seus erros parecessem pequenos se comparados a situação na qual eles vivem atualmente. Andre deixa de ser um peça no jogo destinada ao caos, para ser uma carta de união, elemento chave na hora de lembrar à todos com quem eles realmente podem contar. E ainda tenho para mim, que essa doença dele ainda tem muita história para contar, e ainda irá reunir todos em torno da personagem por mais algumas vezes.

Se o outro episódio nos lembrou quem era Lucious Lyon e de seus crimes, “Be true” voltou à focar nos problemas da família e na rivalidade entre Lyon Disnasty e Empire. Sinceramente não sei porque Lucious quer tanto estar por dentro do que se passa na produtora da ex-mulher. Parece quase que uma cruzada, uma vendeta pessoal. Por falar na personagem, Terrence Howard estava impecável nesse episódio, parecia que estava colocado o tempo todo, desde a cena super cretina em que coloca as mulheres para rebolarem na frente de Andre até o momento do bate-bola com Ne-Yo, em que pedia a sua opinião e logo depois dizia para o filho não dar ouvidos à ele. Muito engraçado. Gostei muito da participação do cantor, se é para participar de uma série, interpretando à si mesmo, porque não dessa forma simples e honesta? Nada pareceu forçado, a parceria entre os dois  me vendeu muita credibilidade… Melhor participação musical da série.

Jamal cada vez mais pressionado pelo próprio pai, se vê colocando o seu relacionamento para escanteio. As dúvidas que eu tinha em relação aos ciúmes de Michael foram sanadas neste episódio, e o artista lá estava realmente interessado na sua obra. A personagem de Adam Busch cumpre um papel fundamental na série exatamente para quebrar com os paradigmas de heteronormatividade aos quais a personagem do Jamal é submetida (o que é compreensível), interessante, caricato de uma forma inesperada e engraçado, o artista roubou a cena nesses dois últimos episódios, e chacoalhou o romance do casalzinho vinte da série.

Enquanto isso no lado gueto da cidade, Hakeem resolveu investir em sua nova descoberta para ser a nova cara de seu grupo feminino, Porsha continua mais divertida do que nunca, Tiana é assaltada na porta da produtora e Cookie resolve contratar um novo promoter para colocar ordem em toda essa bagunça. Essa mulher adora pegar os terceirizados, uma dia ainda leva um processo de assédio sexual nas costas. Empire não é uma série assim, digamos, surpreendente, então já vimos aonde tudo isso vai dar: Hakeem foi sequestrado, o episódio que vem vai girar todos em torno disso, Cookie e o promoter vão ficar muitos próximos, ele irá salvar o dia e vai dar samba. Agora só resta saber à quem esses gangsters estão ligados, em Empire nada é tão simples, tem sempre alguém maior por trás de tudo.

Jairo Borges