Review: The Walking Dead s06e01 - "First Time Again" | Cinema de Buteco
Destaques The Walking Dead

Review: The Walking Dead s06e01 – “First Time Again”

Review-The-Walking-Dead-s06e01 Review: The Walking Dead s06e01 - "First Time Again"

É bom reencontrar os velhos amigos de The Walking Dead. Estamos entrando no sexto ano dessa relação cheia de altos e baixos, mas que permanece firme justamente por causa do amor que sentimos como fãs, e do respeito e consideração dos criadores da série conosco.

Em “First Time Again” acompanhamos a ação em Alexandria logo após os eventos que encerraram a excelente temporada anterior com várias mortes de personagens queridos. Rick se torna o novo líder do lugar e começa a treinar todas as pessoas a enfrentarem os walkers, especialmente depois de descobrir o motivo que Alexandria sobreviveu tanto tempo sem enfrentar problemas com os mortos-vivos.

Ainda que a direção de Greg Nicotero tenha sido ótima, me incomodou a opção de usarem preto e branco como recurso de linguagem para situar o telespectador sobre os diferentes eventos paralelos que a narrativa apresenta. Os dias atuais, já com Rick e seus amigos lutando contra o maior exército de mortos-vivos da história da série, são coloridos. Já os momentos que falam sobre o que aconteceu entre o fim da temporada passada até a luta contra os zumbis ficam em preto e branco. Fico bonito visualmente, claro, mas pareceu mais que os produtores estavam subestimando a nossa inteligência. Gente. Estamos em 2015 e somos sofisticados o suficiente para diferenciar o tempo de cada evento. Lembram que há 10 anos uma série chegou para revolucionar todo o jeito de se produzir na televisão? Pois é. Eu não me esqueci de Lost e tenho certeza que a maioria também não.

LEIA TAMBÉM:
Segunda temporada de Fear the Walking Dead terá episódios em alto-mar

Surpreende a quantidade de zumbis usada no episódio, o que cria um interessante “duelo” com Game of Thrones, que em sua última temporada apresentou um exército enorme de “mortos-vivos” em um de seus melhores episódios. Imagine o quanto foi complicado de fazer e divertido, claro, a sequência em que os walkers caminham pela estrada! Não sei você, mas eu certamente gostaria de ser um desses figurantes.

O trailer da sexta temporada deu uma impressão de que Morgan se tornaria uma pedra no sapato de Rick, mas parece que era apenas uma falsa pista para nos confundir. O personagem de Lennie Jones rapidamente conquista Rick e nos faz imaginar o quanto será interessante a dinâmica do personagem com Michone, Daryl e os outros sobreviventes. Ainda que aquela pergunta dele sobre quem teria comido a barrinha de cereal foi muito esquisita. Sequelado pra caralho.

O encerramento do episódio nos faz ter a certeza de que Walking Dead não apenas nos entregou um de seus melhores episódios de abertura, como também nos dá esperança de que a sexta temporada provavelmente corresponderá a todas as nossas expectativas com muito zumbi, porrada, tiros, sangue, gente morrendo e tudo mais que nós gostamos.

Semana que vem tem mais!

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.