Top 5: Melhores Filmes de setembro | Cinema de Buteco
Destaques Listas Top 5

Top 5: Melhores Filmes de setembro

Esse mês recebemos a nossa crítica Graciela Paciência para eleger os 5 melhores longas lançados nos cinemas durante o mês de setembro:

5) O Lar das Crianças Peculiares

Apesar de adaptações cinematográficas gerarem uma certa polêmica, é necessário reconhecer o trabalho bem-feito por Tim Burton. Ele contou a história escrita por Ramsom Riggs de maneira que cumpre bem o papel de entreter e divertir. Sua familiaridade com o gênero o permitiu transitar com naturalidade entre os momentos assustadores e os momentos “apenas” fantasiosos e é perceptível que o cineasta tem acumulado fãs mais novos, o que naturalmente tem influenciado seu trabalho. Alguns acham que de maneira positiva, outros não concordam, mas agradar a todos nunca foi uma possibilidade.

4) Loucas de Alegria

De maneira competente e emocionante, o italiano Paolo Virzi trata da depressão através de duas personagens muito distintas, Beatrice (Valéria Bruni Tedeschi) e Donatella (Micaela Ramazzotti). Elas estão internadas em um hospital psiquiátrico e têm histórias pessoais que vão muito além do que aparentam.

3) Aquarius

Mais fácil de digerir do que O Som ao Redor, filme anterior de Kleber Mendonça Filho, Aquarius tem uma beleza que fica mais evidente. Tem a sutileza da narrativa, a agradabilidade da trilha sonora e a atuação memorável de Sônia Braga. Reforça a crença de que o cinema nacional passa por um grande momento.

2) A Comunidade

O cineasta dinamarquês Thomas Vinterberg é sempre muito competente em suas produções. Após o premiado A Caça, lançou o incompreendido Longe Deste Insensato Mundo, mas é com A Comunidade que ele alcançou outro nível de emoção e sensibilidade. A história do casal bem-intencionado que, na década de 1970, decide criar uma residência de uso coletivo sai dos trilhos quando o marido se apaixona por outra mulher. Falando assim pode parecer mais do mesmo, mas é a convivência diária que determina o comportamento de cada um e eles vão descobrir da maneira mais dolorosa que esse modelo de convivência pode ser o almejado, mas é o mais complicado.

1) Meu Rei

Visceral, cru e realista. É dessa maneira que Maïwenn conta a história de um casal, passando pela espontaneidade da paixão e pelos perrengues da crise. A mulher tenta se livrar desse amor tóxico, mas algumas coisas são mais fortes do que a nossa vontade de ir embora.

Meu-Rei-1-838x472 Top 5: Melhores Filmes de setembro

Graciela Paciência

Graciela Paciência nasceu e cresceu em São Paulo. Por muito tempo acreditou que seu futuro estivesse na direção de videoclipes, mas agora prefere gastar seu tempo livre no cinema, em frente à TV ou na companhia de um bom livro. Gosta de Stephen King, clássicos e cinema europeu. Suas metas de consumo estão (quase) sempre atrasadas, mas o importante é seguir em frente.