A Vida Até Parece Uma Festa | Cinema de Buteco
Críticas de filmes Documentário Musical

A Vida Até Parece Uma Festa

tot A Vida Até Parece Uma Festa

Nada melhor do que um passeio 0800 pela bela cidade de Belo Horizonte. E o passeio fica melhor quando descobrimos sobre uma sessão gratuita com a presença do diretor Oscar Rodrigues Alves no cinema da rede Unibanco, um dos únicos remanescentes da velha guarda. Os cinemas que ficam na rua Aimorés (próximo ao Diamond Mall), na rua Gonçalves Dias (próximo da praça da Liberdade) e o da rua Levindo Lopes (na Savassi) são três dos cinemas que não se concentram dentro dos shopping centers da capital. O que isso significa? Pode significar sinônimo de diversão sem dor de cabeça, mas também encontro com os pseudo-cults (tão insuportáveis quanto os playboys e patricinhas que ficam agindo como verdadeiros macacos dentro dos cinemas). Existe também o risco de encontrar com personalidades vips, como foi o caso dessa pré-estréia: Rodrigo James, Terrence Machado e a equipe do jornalismo do Alto-Falante e do jornal Estado de Minas; o lateral-esquerdo do Cruzeiro, o argentino Sorín e sua bela (e grávida) esposa; o Skank em peso, acompanhado de suas respectivas mulheres; e como já foi dito antes, o próprio diretor. Só faltou o Titãs para dar o tom da festa.

A melhor banda de todos os tempos da última semana pode ser considerada como uma das maiores bandas de rock (senão a maior) que o Brasil já viu. A sua história começa nos primórdios de programas como Chacrinha, Hebe Camargo (com uma performance hilariante), Gugu Liberato (ele já existia com aquela mesma cara em 1985! acho que ele e a Hebe são da mesma tribo de Highlanders…) e Raul Gil, além do mestre Sílvio Santos. O documentário, realizado através de registros do vocalista Branco Mello, mostra a trajetória da banda desde a sua ascenção, passando por problemas com drogas (a cena em que Branco Mello explica o motivo de usar óculos escuros em seus shows, é um dos pontos altos do vídeo) e brigas entre os integrantes. Para quem tem banda ou já presenciou uma das discussões que acontecem, é um excelente modo de relaxar. Durante a preparação do disco A Melhor Banda de Todos os Tempos da última Semana, Nando Reis foi o único a votar em sua música, o que mostrou claramente o descontentamento do compositor que logo depois anunciou seu desligamento do grupo.

O documentário é engraçado, emocionante e serve para apresentar o Titãs para uma geração mais nova, que cultiva uma série de preconceitos com as bandas nacionais dos anos 80. Vale a pena assistir!

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.

Comentários

  1. só queria dizer que não entendi pq não fui ver esse negócio, não entendi a menção ao sorin, e que me incluo no grupo dos playboys..

  2. Quero ver esse filme!!!
    E outra, BH tem os cinemas mais charmosos do Brasil, não tem como negar. Feliz era a galera do Clube da Esquina, que aproveitou isso bem mais que a gente!

    Parabéns pelo blog, to me divertindo a rodo lendo os posts e pegando umas dicas!

    Abraços!