Review: American Horror Story: Hotel s05e01 "Checking In" | Cinema de Buteco
Séries e TV

Review: American Horror Story: Hotel s05e01 “Checking In”

Season Premiere de American Horror Story: Hotel teve estreia aguardada, superando expectativas. Aviso: contém spoilers.

AHS-H-S05E01-838x471 Review: American Horror Story: Hotel s05e01 "Checking In"

O primeiro episódio de American Horror Story: Hotel estreou mundialmente no dia 07 de outubro. A espera foi grande e as expectativas aumentavam a cada teaser lançado. Grande parte deste elenco esteve presente nas outras temporadas, exceto Jessica Lange, que para a nossa infelicidade, não faria parte da quinta temporada. Dentre tantos nomes conhecidos, temos como protagonista a cantora pop Lady Gaga.

A narração se dá início com a chegada de duas jovens suecas ao hotel Cortez, localizado em Los Angeles. A princípio, o hotel tem uma aparência elegante e refinada, mas os problemas começam com a recepção nada simpática da gerente Iris (Kathy Bates). As jovens são acompanhadas até o quarto reservado, e assim que entram elas percebem um terrível mal cheiro vindo do colchão. Ao descobri-lo, elas veem uma costura grosseria no meio do colchão e ao rasga-lo um homem assustador salta de dentro do colchão. A tensão, medo e “leves” momentos de susto começam aí.

Elas ligam para a recepção e após informar o ocorrido as suecas são transferidas para outro quarto, de número 64, este com um visual mais aconchegante e atraente. Uma delas adormece e ao acordar, se depara com a amiga sendo mordida por uma criança vestida de terno (calma, em breve teremos explicações mais concretas).

Em paralelo ao que acontece no hotel, temos a história de John Lowe (Wes Bentley), um detetive do Departamento da Polícia de Los Angeles que está investigando uma série de assassinatos cometido pelo Assassino dos Dez Mandamentos. Em seguida, voltando ao hotel, temos a segunda vítima do dia. Um rapaz, usuário de heroína que é estuprado bizarramente dentro do quarto (adivinhem? Número 64) e morto em seguida.

Depois de algumas cenas chocantes e de grande suspense, temos a introdução do casal Elizabeth, dona do hotel (Lady Gaga), e Donovan (Matt Bomer), que roubam a cena acompanhados da sensual canção “Tear You Apart” da banda She Wants Revenge e com referências e homenagens ao cinema vampiresco, contendo passagens do filme “Nosferatu”. O casal vai a caça a parceiros sexuais (ou se preferirem, cardápios para o jantar), e retornam para o hotel, onde matam e bebem do sangue de suas vítimas. Elizabeth além de amante, também é mãe dessas crianças que rondam o hotel e parecem vir de outra época, relembrando o “O Iluminado”.

Conhecendo mais esse casal, descobrimos que Donovan é filho de Iris. Antes de conhecer Elizabeth, ele tinha um caso com a Hypodermic Sally (Sarah Paulson), uma drogada que também mora no hotel e sua história de “vida” ainda é uma incógnita para nós.

Não podemos deixar de citar a incrível interpretação de Denis O’Hare, que vive Liz Taylor. Ele (a) trabalha no bar do hotel e é grande amigo de Iris.

Estou bem animada para essa temporada e comprei a ideia dos criadores Murphy e Falchuk, por investir em uma história sombria, com terror psicológico e psicossexual, onde está explicito o conteúdo gore e com cenas sexuais intensas. Se minhas expectativas foram perdidas com American Horror Story: Freak Show, ao ver essa Season Premiere, elas foram renovadas.
Ficamos com várias perguntas a serem respondidas, mas só nos resta esperar pelos próximos hóspedes e os acontecimentos inesperados que rondam esse hotel.

Mylena Soares

Além do cinema, música e games estão entre suas maiores paixões. Decidiu largar a faculdade de Farmácia no quinto período para cursar Publicidade e se aventurar nesse universo de loucos.