Séries e TV

Review: Scream Queens s01e07 – “Beware of Young Girls”

Beware-of-Young-Girls-Scream-Queens Review: Scream Queens s01e07 - "Beware of Young Girls"

Well, well.

Parece que Scream Queens encontrou inspiração para recuperar a graça dos primeiros episódios e que não deu as caras nos últimos dois episódios. Parecia que a série havia perdido o seu fôlego e esgotado o estoque de boas piadas e belas referências ao cinema de horror. Felizmente, com o episódio desta semana, descobrimos que existe esperança!

A ação envolve as “irmãs” Chanel usando uma tábua de Ouija para se comunicar com a alma da Chanel 2. Ao mesmo tempo a reitora Munsch é presa por causa do assassinato do seu marido. Nisso, uma nova personagem é introduzida (e nós já entendemos que a maioria dos rostinhos novos que surgem na série estão lá apenas para servirem para os desejos sádicos dos roteiristas) e mais uma morte criativa acontece.

Desta vez, Scream Queen faz uma referência mais óbvia a 12 Macacos, de Terry Gilliam, e consegue nos fazer rir com aquilo que oferecia de melhor: os diálogos sem noção. Quando o espírito de Chanel 2 surge para contar sua experiência no inferno e reclama da ausência dos dinossauros (“Disseram que não tinha mais dinossauros lá porque Jesus roubou todos”), o telespectador passa pelo momento de dúvida (“eu ouvi isso?”) para uma intensa gargalhada. É quando apresenta essas coisas de maneira despretensiosa que a série acerta o seu tom.

Jamie Lee Curtis está aparecendo mais como a reitora ninfomaníaca (a sutileza da câmera em mostrar a sua expressão ao ouvir a palavra “orgia” é divertida), mas quem realmente faz a diferença na série é Emma Roberts. Que timing cômico tem essa garota! Ah, claro, Diego Boneta fazendo imitação de Matthew McConaughey o tempo inteiro também é outro show a parte. Já que Pete é um pé no saco, os produtores encontraram uma maneira de tornar o cara aceitável. Isso acontece quando ele está imitando McConaughey.

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.