Review: Scream s01e01 - Pilot | Cinema de Buteco
Séries e TV

Review: Scream s01e01 – Pilot

Scream-Pilot Review: Scream s01e01 - Pilot

Pânico foi uma criação do mestre do terror Wes Craven, que faleceu recentemente, no último dia 31 de agosto, aos 76 anos de idade. Em 1996, o gênero terror estava fora de moda. Especialmente o sub-gênero slasher, já que as franquias que representavam o estilo estavam completamente desgastadas. Tudo mudou quando Pânico chegou aos cinemas e revigorou o interesse do público por produções de horror com um assassino perigoso.

Após três continuações – nenhuma superior ao original – a franquia parecia dar sinais de que descansaria em paz e seria apenas revisitada por cinéfilos e jovens curiosos, mas a MTV entrou na história e preparou um reboot numa série produzida em 2015.

Com toda uma história inédita e até com novo visual para o psicopata Ghostface, a série surpreende por sua capacidade de criar tensão e já no episódio piloto parecer superior às continuações de Pânico nos cinemas. Aliás, o longa-metragem é devidamente homenageado com uma espécie de refilmagem da sequência inicial estrelada por Drew Barrymore. Tudo bem que os responsáveis pela série estão bem longe de possuírem o apuro técnico de Craven, mas ainda assim fazem um bom trabalho.

O piloto brinca com os velhos clichês do horror em diversos momentos, com direito até mesmo a conversa sobre cultura pop atual citando Walking Dead. Os nerds curtiram isso. Mas o grande trunfo é apresentar personagens que aparentemente escondem muitos segredos. Fica difícil criar uma suspeita sobre qual deles (ou quais) estão por baixo da máscara do assassino.

Trabalhando mais no suspense e contabilizando apenas duas vítimas até o momento, Pânico inicia como uma grande promessa que espero que seja concretizada ao longo da temporada.

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.