Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Henry e June

8

Henry e June conta a história real da escritora francesa Anaïs Nin, e de seu envolvimento com o também escritor Henry Miller e sua esposa, June Smith (com toda ambigüidade permitida e possível).

Difícil descrever. A complexidade dos relacionamentos, a ousadia de Anaïs numa Paris em que o assunto sexo, principalmente discutido por uma escritora, causa polêmica, a busca incessante pelo novo… Difícil. Bom falar um pouco sobre a autora:

- Advertisement -

Anaïs Nin foi uma escritora francesa, que viveu seu auge na década de 30. Ficou famosa por seus diários, que somam cerca de 40 anos de sua vida, e por alguns livros que a deram uma fama de escritora pornográfica. Teve um caso com o escritor norte-americano Henry Miller, também famoso por escritos pornográficos (um de seus livros mais famosos, Tropic of Cancer, citado no filme, só foi permitido nos EUA em 1961, e foi proibido por um bom tempo no Brasil).

Detalhe para a transição pela qual Anaïs passa, e a forma como ela a descreve. Lindíssimo.

Filmes que mexem com a gente. Talvez deveria existir uma sessão assim. Enfim, recomendo, principalmente aos “tarados” de plantão. Mas tudo, claro, não se esqueçam, com a mais bela poesia.

Trailer: