Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Tiros na Broadway

0

QUE WOODY ALLEN INTERPRETA A SI MESMO EM SEUS FILMES, todo mundo sabe. O que nem todos percebem é que o diretor consegue se inserir até nos filmes em que não atua. Ele é representado por nuances de seus personagens principais, que sempre carregam traços da conhecida personalidade excêntrica do diretor.

Neste caso, é o dramaturgo David Shayne, vivido por John Cusack, quem representa Allen. Ele é um promissor jovem talento do teatro na Nova York dos 20 e que se vê obrigado a escalar a namorada nada talentosa de um gângster para conseguir o financiamento para dirigir sua primeira peça. A partir daí, o personagem se vê preso em um mundo de chantagens, tiros e brutamontes. Para completar, a lendária atriz Helen Sinclair (Dianne Wiest) aceita o papel principal e ameaça balançar seu namoro com Ellen (uma Mary-Louise Parker muito mal aproveitada, considerando seu potencial para ser sutilmente engraçada), virando sua vida pessoal de cabeça para baixo.

- Advertisement -

A comédia consegue reunir elementos que remetem à época e ao glamour da máfia italiana, algo que o roteirista e diretor satiriza. O filme é também um retrato bem humorado da indústria do entretenimento, que muitas vezes abre espaço para os desprovidos de talento e é habitada por divas e prima donnas.

Com tantos grandes atores, esta é uma comédia com excelentes interpretações. O destaque vai, é claro, para John Cusack, que fica cômico no papel do dramaturgo. Aos poucos, ele se vê quase que perdendo a cabeça, remetendo à neurose dos típicos personagens de Woody Allen. Wiest está também excelente como a controladora e convencida Helen. Há ainda todo o timing cômico que Jennifer Tilly traz para o longa, conseguindo ser muito competente no papel da superficial Olive, que tenta, mas não consegue ser uma atriz no mínimo decente.

O trabalho de direção de arte, que não costuma ser tão ostensivo nos filmes do diretor, é bastante convincente neste caso. A Nova York dos anos 20 – inclusive a Times Square – está lá, reproduzida em toda a sua glória. Allen parece ter um grande interesse por essa época, como prova o recente Meia-Noite em Paris. Embora o diretor tenha feito poucos filmes de época, todas as deliciosas características inerentes a seus filmes estão lá – o ritmo, os personagens, a trilha sonora e a cidade natal tão reverenciada em seus longas.

Tiros na Broadway é uma das mais divertidas comédias de Allen, com um ótimo elenco e os elementos mais variados, que garantem um filme riquíssimo e imperdível para quem gosta do estilo do diretor.

Bullets Over Broadway, 1994
Direção:Woody Allen

Roteiro: Woody Allen

Elenco: John Cusack, Dianne Wiest, Jennifer Tilly, Chazz Palminteri, Mary-Louise Parker, Jim Broadbent