Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Filmes para presentear neste Natal

0

Há quem diga que comprar presentes para cinéfilos é simples, pois existe um sem número de títulos e outros mimos mundo afora para selecionarmos. Mito! Quem vai presentear um fanático por cinema sabe que há muitas barreiras para serem consideradas, como as preferências por gêneros, estilos, cinematografias, períodos e por aí vai.

Se pregar um adesivo de troca não é uma opção, então vale a pena acompanhar o nosso breve guia de filmes para dar de Natal para amigos e familiares dentro de oito perfis. E não vale dizer fomos malvados com as descrições de cada tipo, pois sabemos que eles são levados em conta na hora das recomendações, hein?

Cinéfilo nostálgico:

- Advertisement -

Às vezes, não há nada melhor do que reviver nos filmes aquela época da nossa juventude que não volta nunca mais. Se você vive recordando os tempos do colégio com aquele que irá presentear, vale a pena obter a edição comemorativa de 15 anos de Romy e Michele (que, na realidade, completará 20 em 2017). Se o seu coração for grande, vale até a pena incluir o CD da trilha sonora, com clássicos como “Heaven Is A Place on Earth”, da Belinda Carlisle, e “Everybody Wants to Rule the World”, do Tears for Fears.

Outras opções: Caindo na Real, O Clube dos Cinco, As Patricinhas de Beverly Hills

Cinéfilo hipster:

Todo mundo tem aquele amigo pra passear nas lojinhas da Baixo Augusta depois de pegar o indie da vez no recente Cine Drive-in do Caixa Belas Artes. Porém, pra não passar feio e entregar mais uma cópia de (500) Dias com Ela, vale a pena dar um pulo nas Lojas Americanas e caçar por Ghost World – Aprendendo a Viver, filme de uma época em que o termo nem existia.

Outras opções: Moonrise Kingdom, A Fita Azul, Amantes Eternos, Quero Ser John Malkovich, Enquanto Somos Jovens

Velhinho do Reserva:

A gente vive reclamando da ranzinzes, mas nunca deixamos de bater um papo com ele enquanto aguardamos o início da nossa sessão. Se você ainda mantém a amizade mesmo com um deles usando o Fale Conosco pra reclamar que o açucareiro que usou estava vazio, então vale dar um Nebraska para mostrar que a vida é cinza e difícil até para os jovens e que sempre há um território para nos tolerarmos.

Outras opções: Minhas Tardes com Margueritte, Conduzindo Miss Daisy, Ensina-me a Viver, Gran Torino, Up – Altas Aventuras, As Confissões de Schmidt

Cinéfilo hollywoodiano:

O ingresso do cinema está caríssimo e há aqueles que acreditam que ele só se justifica se for pra ver um filme cheio de explosões e efeitos visuais. Se você quer propor ao amigo algo diferente do universo Marvel e DC sem enganar a fórmula, vale a pena mostrar as evoluções propostas por Mad Max: Estrada da Fúria, blockbuster dos bons que vai determinar a mudança de muitas cartilhas hollywoodianas que temos por aí – e nem precisa gastar o que não tem com a dispensável versão 3D.

Outras opções: Gravidade, Sucker Punch – Mundo Surreal, Círculo de Fogo, Sin City – A Cidade do Pecado

Cinéfilo cult:

Se por um lado existe o nicho que só quer saber de pipoca, há outro que não quer sair da redoma do cinema alternativo. E não há nome melhor pra representar o cinema cult que o esquisitão do David Lynch. Se o felizardo do presenteado for gente fina, até vale caçar pela edição dupla da Livraria Cultura com Cidade dos Sonhos (em fullscreen imperdoável que a gente releva pelo bom material extra) e Império dos Sonhos (devidamente em widescreen). Vale até arriscar e escrever um bilhete sugerindo a mudança do avatar P&B nas redes sociais com cigarrinho e mãozinha no queixo.

Outras opções: Donnie Darko, Cães de Aluguel, Coleção Jean-Luc Godard, Asas do Desejo, Três Homens em Conflito, The Rocky Horror Picture Show

Inimigo secreto:

Feriado natalino é também época de fazer amigo secreto e não há nada pior do que tirar a pessoa que você mais detesta da firma. Que tal então selecionar um filme com uma protagonista detestável como indireta? A Mavis da Charlize Theron, em Jovens Adultos, pode ser um espelho bem desagradável – e a capa ainda grita Todos Crescem, mas nem todos amadurecem.

Outras opções: Garota Exemplar, Nome Próprio, Love, Blue Jasmine

Cinéfilo vintage:

Sim, sempre há em nossos círculos aquele louco que vive dizendo que o cinema morreu e que prefere se recolher na sua coleção da Versátil ao som de música erudita em vinil. Enquanto não conseguimos mostrar que há cores além da janela, é melhor não contradizer a criatura e dar a edição de colecionador de Cantando na Chuva, que contém até mesmo uma capa de chuva amarela bem chinfrim da Pratik pra tirar uma onda.

Outras opções: Alfred Hitchcock – A Obra Prima, Monstros Universal, Cidadão Kane, Casablanca, Bonequinha de Luxo

Cinéfilo solitário:

mesmo em datas festivas, enfrentamos ao menos uma vez o período em que sentimos que não temos ninguém por perto. Não há nenhum cartão de boas festas na caixa do correio e ninguém te ligou para desejar um feliz natal? Então nada melhor do que ir à Saraiva, comprar para você o DVD de Anjo de Vidro e pedir à atendente embrulhar para presente, sim! Quanto ao filme, se a luz da esperança é reascendida em Susan Sarandon, bons ventos também podem soprar os seus próximos dias.

Outras opções: Sob o Sol da Toscana, Copacabana, Medos Privados em Lugares Públicos, Doris, Redescobrindo o Amor