Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Os Melhores Filmes de 2016

0

O CINEMA DE BUTECO ORGULHOSAMENTE APRESENTA A SUA LISTA DE MELHORES FILMES DE 2016. Apreciem sem moderação!

[ATUALIZADO: Conheça os 30 melhores filmes de 2017]

#30

- Advertisement -

Rogue One: Uma História Star Wars (Rogue One: A Star Wars Story, Gareth Edwards, 2016) Rogue One mostra para o público que Star Wars é bem mais que uma franquia sobre a ascensão e queda de um homem. Afinal, se trata de uma série sobre guerra e o diretor Gareth Edwards conta tudo com uma frieza e violência nunca antes vistas na série. Um olhar diferente e sombrio para um dos maiores produtos da história do cinema. Sensacional!

Recomendado para quem gosta de: Aventura, Sci-fi, Star Wars, O Resgate do Soldado Ryan, Mulheres no poder, Prequels, Spin-of


#29

melhores-filmes-de-terror-de-2016-the-invitation

The Invitation (Karyn Kusama, 2015) Estrelado por Logan Marshall-Green (Prometheus), The Invitation apresenta a história de um casal que é convidado para um jantar na casa de amigos e começam a perceber que algo muito estranho está acontecendo.

Ainda que inclua boas doses de suspense em sua narrativa, The Invitation dá medo. O tempo inteiro tememos pelo que vai acontecer com o casal protagonista e essa sensação aumenta depois de descobrirmos o que realmente está acontecendo. Não quero dar spoiler sobre esse detalhe específico, mas é um tema trabalhado brilhantemente em outros filmes de terror e que me deixa arrepiado.

Recomendado para quem gosta de: suspense, ocultismo, fanatismo religioso, seitas, jantar com ex-namoradas


#28

Boi Neon (Gabriel Mascaro, 2015) Inesquecível também por suas locações únicas, que ajudam a construir um universo particular e que reflete a natureza bruta e os desejos carnais que movem seus personagens, Boi Neon é mais uma prova de que o Cinema feito em Pernambuco é quase infalível, extraindo beleza e poesia de personagens que, nem se quisessem, jamais conseguiriam negar sua origem.

Recomendado para quem gosta de: cinema nacional, nordeste, preconceitos


#27

O Homem nas Sombras (Don’t Breathe, Fede Alvarez, 2016) Uma coisa que me deixa muito feliz é a sensação de reencontrar “velhos amigos”. Nunca tinha ouvido falar de Fede Alvarez até o sensacional remake/reboot de A Morte do Demônio. Anos depois, olha ele aqui de volta nas nossas listas de melhores filmes do ano!

A produção conta a história de um trio de trombadinhas que invade a casa de um homem cego achando que seria mamão com açúcar roubar o lugar. Se deram mal. O sujeito é mais cego que o surdo em tiroteio, mas é um verdadeiro ninja da escuridão. Isso deixa os assaltantes numa situação perigosa e inesperada.

Muitos sustos, cenas tensas e uma narrativa sufocante. Imperdível!

Recomendado para quem gosta: da ideia de ver o que aconteceria se o Demolidor ficasse velho e decidisse matar os ladrões que invadissem a sua casa.


#26

Procurando Dory (Finding Dory, Andrew Stanton, Angus MacLane, 2016) Quando anunciaram a continuação do incrível Procurando Nemo confesso que fiquei um tanto chateado. Não me parecia um projeto que merecesse sequência e senti que seria um mero caça-níquel. Subestimei o poder da Pixar em nos encantar e emocionar.

Procurando Dory apresenta uma inesperada história sobre a origem da sequelada Dory. É um típico caso de obras que já arrancam lágrimas do seu público nos minutos iniciais sem parecer forçado. Ao transformar a perda de memória da personagem num grande arco dramático, o longa-metragem realiza uma curiosa relação com drama e humor.

Essa é a arte das obras da Pixar: transformar algo que seria motivo de dor e tristeza numa emocionante história sobre amor e amizade.

Recomendado para quem gosta de: Procurando Nemo, sushi, roadie movies, animações