Crítica: O Colecionador de Corpos 2 (2012)

A DICA DA CONTINUAÇÃO DE O COLECIONADOR DE CORPOS PARTIU DO AMIGO MATHEUS WEYH, que colabora (bem) ocasionalmente com o Cinema de Buteco e é um grande entusiasta do horror. Ele demonstrou ter uma preferência maior pelo segundo filme, The Collection, no original, e isso me deixou animado para querer logo descobrir se o cineasta Marcus Dunstan conseguiu se superar.

A resposta é não.

O Colecionador de Corpos 2 tropeça nos seus excessos. O roteiro acerta em colocar em cena uma sequência direta do filme anterior, mas fracassa ao aumentar o número de mortes e fazer a ação inteira acontecer na base secreta do serial killer. Não é tão atraente ter um grupo de soldados armados invadindo o lugar numa missão de resgate quanto era a ideia do matador atormentando a casa de pessoas inocentes.

Na sequência, uma jovem adolescente é sequestrada e um grupo de seguranças são contratados para tentar o seu resgate. Para garantir o sucesso da missão, eles obrigam o único sobrevivente conhecido a se unir ao grupo e invadir os domínios do Colecionador.

Percebe como a própria sinopse já levanta diversas questões pertinentes que nos fazem questionar a qualidade do roteiro? Primeiro: não é meio absurdo que o protagonista tenha conseguido memorizar o caminho do local em que conseguiu fugir para onde ele era mantido prisioneiro? Segundo: mesmo sendo uma das maiores sequências de assassinatos em massa que eu me lembre de ter visto, como diabos o assassino construiu todas aquelas armadilhas? Dentre outros pequenos probleminhas observados apenas na história e ignorando o orçamento pequeno para os efeitos visuais serem menos toscos.

O mais legal de O Colecionador de Corpos era a ideia de realmente ser uma mistura original de Jogos Mortais com Esqueceram de Mim. Essa continuação capenga abraça Jogos Mortais completamente e perde um pouco do seu humor negro para investir num clima mais Alien, O Oitavo Passageiro, que por melhor que seja a referência, não funciona.

O Colecionador de Corpos 2 não chega a estragar o que o original apresentou em 2009, mas não precisava ter existido. É só um exercício de sadismo que em poucos momentos mexe com nosso estômago, ao contrário do primeiro filme.

2012Christopher McDonaldEmma FitzpatrickJosh StewartMarcus DunstanO Colecionador de CorposO Colecionador de Corpos 2Patrick Melton
Comentários (0)
Fazer Comentário