Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Sucesso ‘Cidade em Chamas’ chega ao Brasil!

Em 2013 o escritor Garth Risk Hallberg chamou bastante atenção nos Estados Unidos. A notícia de que um escritor recebeu um adiantamento de dois milhões de dólares antes mesmo de concluir o seu livro de estreia chocou o universo da literatura.

Com mais de mil páginas, o camalhaço “Cidade em Chamas” é considerado um romance extenso, porém de profundidade mediana. Os direitos de “Cidade em Chamas” já foram vendidos para o cinema e vem repercutindo desde então. A coisa é tão grandiosa que os críticos americanos têm se referido ao evento como uma estreia literária no nível de Scott Fitzgerald (1896-1940).

Mas afinal, qual o motivo de tanta repercussão para a obra de estreia de Garth Risk Hallberg? Passado numa Nova York de 1976, após o fim do sonho hippie e a entrada das guitarras desafinadas, os acordes raivosos e os coturnos caindo aos pedaços. Por toda a cidade brotam galerias de arte e casas de show esfumaçadas. É nesse cenário que Garth Risk Hallberg situa esta obra colossal. Cidade em Chamas conta histórias que vão se entrelaçando, concentradas entre o bicentenário dos EUA, julho de 1976, a um célebre blecaute pelo qual Nova York passou no dia 13 de julho de 1977.

- Advertisement -

Os personagens rondam em torno dos Hamilton ­Sweeney, magnatas da cidade, e dos herdeiros William III (que vira Billy­ Três ­Paus na sua fase punk) e Regan. E aí tem um moleque do subúrbio viciado em David Bowie, um jornalista que quer ser o próximo Capote, um professor de escola infantil, um fogueteiro, e muitos, muitos outros.

1011-BKS_COVER-master1050
Confira a sinopse do livro:

Regan e William são irmãos e herdeiros de uma grande fortuna. Ela, uma legítima Hamilton-Sweeney e eternamente preocupada com o futuro da família, vê seu casamento desmoronar em meio às infidelidades do marido. Ele, a ovelha negra, fundador de uma mitológica banda punk, artista plástico recluso e figura lendária das artes nova-iorquinas. Ao redor dos dois gira uma constelação de tipos e acasos. A jovem fotógrafa que descobre um influente movimento musical pelas ruas da cidade. O jovem professor negro e gay que chega do interior e se apaixona pelo misterioso artista. O grupo de ativistas que pode ou não estar levando longe demais o sonho de derrubar o establishment. O garoto careta e asmático que se apaixona pela punk indomável. O repórter que sonha ser o novo nome do jornalismo literário americano. E, em meio a tudo isso, um crime que vai cruzar suas vidas de forma imprevisível e irremediável.

Combinando o ritmo de um thriller ao escopo dos grandes épicos da literatura, Garth Risk Hallberg constrói um meticuloso retrato de uma metrópole em transformação. Dos altos salões do poder às ruelas do subúrbio, ele captura a explosão social e artística que definiu uma década e transformou o mundo para sempre. Cidade em chamas é um romance inesquecível sobre amor, traição e perdão, sobre arte e punk rock. Sobre pessoas que precisam umas das outras para sobreviver. E sobre o que faz a vida valer a pena.

Ficha Técnica:

13709_gTítulo: Cidade Em Chamas
Autor: Garth Risk Hallberg
Tradução: Caetano W. Galindo
Editora: Companhia das Letras
Edição: 1
Ano: 2016
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 1040 páginas
ISBN: 978-85-3592-704-7

Comentários