Por que a saga Divergente nunca deslanchou?

por que divergente nunca convenceu

Com Jogos Vorazes em alta, a Lionsgate resolveu apostar em outra distopia juvenil: Divergente. No entanto, algo que fica claro para quem acompanha bilheterias e críticas é que a saga estrelada por Shailene Woodley nunca convenceu. E Convergente, o mais novo filme da série, fracassou em seu fim de semana de estreia nos Estados Unidos, com apenas $ 29 milhões (praticamente a metade dos anteriores). Por que será?

Vamos começar com a questão financeira. Abaixo seguem os números dos três filmes da franquia, em dólares:

DIVERGENTE

Orçamento: 85 milhões

Bilheterias: 276 milhões

DVD e Blu-Ray: 61 milhões

INSURGENTE

Orçamento: 110 milhões

Bilheterias: 295 milhões

DVD e Blu-Ray: 29,3 milhões

CONVERGENTE*

Orçamento: 110 milhões

Bilheterias: 82,5 milhões

*em cartaz

Não sabemos os valores que o estúdio gastou com a promoção dos longas, algo que provavelmente foi considerável, mas pode-se ver que Divergente faturou três vezes o seu orçamento, enquanto Insurgente faturou duas vezes o mesmo. As vendas de DVD certamente ajudaram, vale destacar, mas olhando apenas para a capacidade dos filmes em levar a audiência ao cinema, trata-se de resultados bem decepcionantes. São 571 milhões com dois deles.

A recepção da imprensa também foi bastante fraca. Tomamos como base o Rotten Tomatoes e o Metacritic.

DIVERGENTE

RT: 40%, média de notas 5.4/10

MC: 48/100

INSURGENTE

RT: 29%, média de notas 5.1/10

MC: 42/100

CONVERGENTE

RT: 10%, média de notas 4/10

MC: 34/100

Quando comparamos Divergente às outras duas grandes franquias da Lionsgate, o que vemos é o completo oposto. Crepúsculo pode ter tido críticas bastantes fracas da imprensa, mas os cinco filmes arrecadaram, juntos, 3,3 bilhões nas bilheterias do mundo todo. Média de 660 milhões para cada um. Já os quatro longas da saga Jogos Vorazes chegaram a aproximadamente 3 bilhões, por meio de quatro produções: média de 750 milhões para cada. A imprensa foi bem mais receptiva a estes, que ainda eram protagonizados pela queridinha Jennifer Lawrence.

Se pegarmos Maze Runner, outra distopia juvenil, só que da Fox, os números são melhores também. Optando por um orçamento mais enxuto, o estúdio obteve resultados muito bons: gastou 95 milhões com os dois filmes lançados até o momento e arrecadou 660 milhões. Média abaixo dos anteriores, mas o lucro foi grande.

O que aconteceu com Divergente? Falta de carisma do elenco? Adaptação ruim? Orçamentos altos demais? Em minha crítica de Convergente, destaquei o forte problema nas atuações, uma vez que os dois protagonistas não possuem uma química convincente e não conseguem carregar o filme, muito menos os coadjuvantes. As mudanças nos roteiros também foram criticadas por vários fãs dos livros. O fato do estúdio gastar um valor alto com as produções, cerca de 100 milhões por cada uma, também complica um pouco, já que força os filmes a terem performances consideráveis nas bilheterias para compensar o investimento.

A pergunta que fica é: a Lionsgate vai arriscar fazer o capítulo final após os últimos resultados? Lembrando que o suposto filme enfrentaria em junho de 2017 os blockbusters Guerra Mundial Z 2 e A Múmia nas bilheterias americanas. Ou será que o estúdio vai reduzir consideravelmente o orçamento e lançá-lo mesmo assim?

Fontes:

Box Office Mojo

The Numbers

Daniela Pacheco

Fascinada por cinema desde pequena. Ídolos? River Phoenix, Audrey Hepburn, Wagner Moura e Marion Cotillard.