Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Animais Unidos Jamais Serão Vencidos



Ao iniciar nosso filme temos cinco ambientes diferentes. No primeiro estamos em uma Savana Africana onde temos: o leão Sócrates, uma girafa, um macaco que finge ser o oráculo da selva e ainda é um cabeleireiro, um leopardo, urubus, rinocerontes, um grupo de búfalos onde um deles possui dentes de ouro, uma elefanta, Billy – o suricato, sua mulher e seu filho Junior.


No segundo ambiente estamos em uma ilha onde vivem um casal de tartarugas com mais de 700 anos. O terceiro é uma espécie de pólo norte onde vive uma ursa polar. O quarto é a Austrália onde de inicio temos um canguru e um coala. Eles se deparam com um homem que possui bebidas enlatadas, porém ao iniciar um incêndio na floresta, ele vai embora deixando as latas caírem, o canguru vai pegar e o coala foge. Logo depois de se afastar do incêndio o canguru encontra um diabo da tasmânia, a quem lhe chama de Taz – isso me lembra o desenho Looney TunesO quinto e último ambiente é um navio aparentemente francês onde temos um frango chamado Pierre que está prestes a virar refeição, mas consegue fugir.

  
Em cada um dos cinco ambientes temos um tipo de devastação. No primeiro temos a falta de água, no segundo a contaminação das águas, no terceiro o derretimento das calotas polares, no quarto o desmatamento e no quinto uma simples questão de cadeia alimentar. Ao longo do filme o cenário que se tornará principal será a África, o restante de nossos personagens fogem de seus ambientes de origem e acabam se encontrando em alto mar buscando uma nova terra, eles viajam dentro de uma banheira. Enquanto nossos viajantes não chegam, Billy – o suricato, não consegue buscar água e é zombado pelos amigos de seu filho, deixando Júnior decepcionado. Tal situação faz com que Billy vá procurar água mais longe, tendo que passar pelo Vale da Morte – uma espécie de cânion, onde vive um leopardo, seu amigo Sócrates lhe faz companhia. No meio do caminho eles encontram nossos viajantes. A ursa polar se sente fraca e com sede e as tartarugas estão cansadas, logo Pierre resolve cuidar deles enquanto Taz e o canguru se juntam aos outros para procurar água.

O grupo de animais descobre um grande muro de concreto que segura a água para um luxuoso hotel. Descobrem os humanos e os acham muitos estranhos. O leão e Billy invadem sem querer uma conferência no hotel e um caçador vai atrás deles. Dentro do hotel conhecemos um macaco doméstico que tem acesso livre e ajuda os outros animais a se esconderem, mas apesar de conseguirem fugir, o leão é pego. A filha do dono do hotel é contra reter a água para ganhar lucro com o empreendimento enquanto os animais passam sede, a menina tem um papel importante ao longo do filme. O restante dos animais da África são convocados e ficam sabendo sobre a barragem, então eles se unem para lutar por seys direitos e defender o seu lar, em um pedido para que o ser humano respeite a natureza.
Acrescentando umas observações, notei que as tartarugas possuem a mesma face da árvore falante do desenho Pocahontas. Outra é que os animais possuem características humanas, além de falarem – o que já não é mais novidade, neste filme a família dos suricatos possui uma espécie de garrafa que é fechada com uma rolha para armazenar água. Billy joga golfe com uma bola feita de fezes de hiena, a elefanta tem cabelo loiro e a girafa usa maquiagem.
No todo o filme é bem água com açúcar, é um bom programa para pais e crianças. 



Comentários