Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Curta Libre – A Ilha das Flores

Olá pessoal aqui estamos na terceira semana do Curta libre, e hoje vamos falar sobre um curta que é triste, mas que provavelmente não vai te fazer chorar como o da semana retrasada

Acredito que qualquer pessoa que tenha feito qualquer curso relacionado a audiovisual deve  (no pior dos casos) ter pelo menos escutado o nome deste curta do Jorge Furtado. 


A Ilha das flores (1989) foi eleito em 1995  pela critica européia um dos 100 mais importantes curtas do século poderia muito bem ser parte do Guia do mochileiro das galáxias por explicar de maneira cientifica a qualquer ser pensante porque pessoas pobres são consideradas piores do que porcos.

Tomate

Uma crítica esplendida e muito bem humorada ao capitalismo e que gira em torno de um tomate (Fruto do tomateiro que passou a ser cultivado pelas suas qualidades alimentícias a partir de 1800) cultivado por um senhor japonês (que se distingue dos demais seres humanos pelo formato dos seus olhos, seus cabelos pretos e por seus nomes característicos) chamado Suzuki.


Vamos ao curta

Entendeu? Animal mamífero, bípede dotado de telencéfalo altamente desenvolvido e polegar opositor.

Comentário: o meu amigo Silas Aguiar me alertou pra um ponto interessante, dizem as más linguas que Jean-Pierre Jeunet se inspirou neste curta para criar a linguagem utilizada em  O
 fabuloso destino de Amélie Poulain será?




Comentários? Dicas de outros curtas? 

Comentários