Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Hairspray – Em busca da fama

Musical não é o meu estilo preferido de filme. E, confesso, que sempre que vou assistir a algum musical, já começo cheio de preguiça. E, mais uma vez, para minha surpresa, me encantei com Hairspray – Em busca da fama.

A versão de 2007 é uma refilmagem de Hairspray – E éramos todos jovens, de 1988. O primeiro ponto positivo do filme, em minha opinião, é que ele não é mais um daqueles romances melosos. O filme é divertido!

A história clichê da menina que sonha em conquistar a fama é mesclada com um assunto (sempre) bem pertinente: preconceito.

A protagonista do filme, Tracy Turnblade (Nikki Blonsky), sonha em participar do programa de televisão mais famoso de 1962 – época em que se passa o filme. No entanto, Tracy é gordinha e a mãe, interpretada divinamente por John Travolta, tenta impedi-la de participar do programa, por medo de que a filha seja vítima de preconceitos por não se enquadrar no padrão de beleza.

- Advertisement -

Acontece que Tracy insiste e finalmente consegue uma vaga no elenco “dançante” do programa. Em pouco tempo, a gordinha se torna um sucesso. Ela sofre preconceitos, mas não se intimida em brigar por uma causa maior quando percebe a discriminação racial que existia na época.


Toda última sexta-feira do mês, o programa The Corny Collins Show, era dedicado aos negros, que, mesmo assim, não podiam se misturar aos brancos para dançar. Não por acaso, esses programas eram os que mais agradavam Tracy. Quando a vilã, Velma Von Tussle (Michelle Pfeifer), uma das diretoras do programa, decide acabar com o Dia do Negro, Tracy lidera uma manifestação para exigir mudanças com relação à discriminação.

E consegue. Mas, é claro, antes disso, há uma série de acontecimentos. Inclusive um concurso que elegerá a Miss Adolescente HairsprayI. A principal concorrente, a bela Amber Von Tussle (Brittany Snow), filha de Velma, é derrotada por… Assistam!

O filme tem excelentes figurinos e cenários. Conseguiu prender minha atenção. É divertido e alto astral. Dá vontade de acompanhar a coreografia e sair dançando junto com Tracy.

Também é engraçado ver os atores cantando, dançando e fazendo coisas inusitadas. O Travolta de mulher é perfeito! Michelle Pfeifer de vilã está linda. James Marsden (sim! O Ciclope de X-Men) cantando e dançando junto com Queen Latifah é, no mínimo, interessante. Amanda Bynes, apesar do papel pequeno, consegue arrancar algumas risadas; assim como Zac Efron que, como figurante, se saiu muito bem!

Mas o melhor de tudo, pra mim, é Nikki Blonsky, em seu primeiro papel no cinema. Ela cumpre bem seu papel e, digo que, com certeza, o filme não seria o mesmo sem ela. E com um charme a mais (sem querer defender o meu lado)!

Eu recomendo.



Ficha Técnica

Título Original: Hairspray (EUA – 2007)

Direção: Adam Shankman

Produção: Neil Meron e Craig Zadan

Música: Marc Shaiman

Figurino: Rita Ryack

Edição: Michael Tronick

Comentários