Cinema por quem entende mais de mesa de bar

O Lado Bom da Vida

OS MELHORES FILMES QUE VOCÊ VAI ASSISTIR NA VIDA são aqueles que você não faz a menor ideia sobre o que seja. E assim eu poderia resumir o que achei dO Lado Bom da Vida! Divertido e despretensioso, o filme retrata um assunto sério, de forma correta, e consegue te prender à tela, como um belo filme de suspense. Também faz com que você escolha um lado, como num filme com heróis e vilões, e como todo romance, faz com que você queira um final feliz.

Acreditar num final feliz e que tudo pode dar certo é meio que o lema de vida de Pat (Bradley Cooper). Depois de 8 meses num instituição psiquiátrica por causa de um colapso nervoso, ele retorna pra casa, acreditando que tudo que deu de errado pode ser consertado. Ele acredita tão cegamente nisso, que faz com que em um certo ponto, a gente também acredite nisso. Por incrível que pareça, a ajuda pra passar por essa “fase” vem de uma pessoa tão problemática quanto Pat, Tiffany (Jennifer Lawrence), que ficou viúva recentemente e canaliza sua depressão saindo inconsequentemente com outros caras.

O filme vai evoluindo junto com o personagem. Desde a saída do instituto, as visitas ao terapeuta, leituras, corridas, e encontros ao acaso com Tiffany, encontros propositais e surpresas de óbvias a inesperadas. O filme é engraçado com um toque de drama e romance, mas é bem feito e não está concorrendo 8 Oscars, sendo 7 nas principais categorias, à toa. Todo o elenco funciona bem em conjunto. Todos com suas manias, qualidades e defeitos, todos se completam de alguma forma. Tenho minhas dúvidas se Cooper ganhará o Oscar de melhor ator, mas definitivamente ele merece concorrer. Lawrence concorre pela 2ª vez na categoria de Melhor Atriz em menos de 3 anos e certamente é uma promessa para o futuro do cinema.

Esqueçam que Cooper fez Se Beber, Não Case e a Lawrence fez Jogos Vorazes (não que estes filmes sejam ruins, mas enfim, espero que me entendam!) e lembrem-se que, apesar de meio sem graça, até o Robert De Niro tá no filme! Até o Chris Tucker consegue roubar a cena nos poucos momentos em que aparece! David O. Russel fez um ótimo trabalho no roteiro (adaptado, acreditem!) e na direção! Pode ser chamado de comédia romântica, mas tem drama e de fato trata de um assunto sério. Então dê uma chance e assista! Por mais óbvio que seja, duvido que você vá se arrepender!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=ibUk5BdZ-XM]

Título original: Silver Linings Playbook
Direção: David O. Russell
Produção: Bruce Cohen
Donna Gigliotti
Roteiro: David O. Russell
Elenco:Bradley Cooper
Jennifer Lawrence
Robert De Niro
Jacki Weaver
Chris Tucker
Anupam Kher
Lançamento: 01/02/2013
Nota:[quatro]

15 Comentários
  1. Joubert Thomson Maia Junior Diz

    Mandou bem Wendel Wonka, tive exatamente a mesma sensação com relação ao filme, ele flui de uma maneira suave e bem tranquila o que dá uma leveza quase infantil a uma situação extremamente pesada. Mesmo sendo extremamente previsível não pode de forma alguma ser chamado de perda de tempo.

    1. Wendel Wonka Diz

      Vlw Djouby! Eu curti bastante o filme e, acho q de todos, a Lawrence tem mais chance de levar o Oscar! 😛

  2. André Luiz Oliveira Diz

    Vou assistir!!! Recomenda algum filme sobre copas do mundo??? Grande abraço!!!

    1. Wendel Wonka Diz

      Cara, tem um filme q se não me engano é britânico, q não é sobre Copa, mas é sobre o futebol msm. Ouvi falar mt bem, só não lembro o nome! xD hauhauhauahuha

    2. André Luiz Oliveira Diz

      Deveria ter sobre a preparação do sorteio da Copa das Confederações!!! very hard!!! kkkkkkkkkk

  3. Jairo Souza Diz

    É bem isso wends! o filme flui, vai andando e vc nem percebe a história do concurso de dança é inserida despretensiosamente e vagarosamente e qnd vc menos percebe já está na parte final da apresentação e fade out. E vc fica… Como assim já acabou estava tão gostosinho! Mas é só isso! rsrs o filme não tem nada UAU é apenas correto e fofo… É aí que discordo completamente das cinco caipirinhas… O filme é sim uma comédia romântica, bem acima da média… Sim! Mas não tem nada de drama, só porque possui um tema grave? Quantas comédias não falam de temas graves? 50/50, 50 First dates… Entre outros… A diferença aqui está claro na construção dos personagens de David O. Russel que é simplesmente incrível, além dele sempre só trabalhar com atores excepcionais. Não é a toa q tanto por O Vencedor quanto agora todo o quarteto principal de atores foi indicado ao Oscar… O filme é bom exatamente por isso, porque a história é apenas digamos… Simpática!

    1. Wendel Wonka Diz

      Jairo, vc sempre discorda de mim! HAHHAHAHAH xD

  4. Giselle Rose Delago Diz

    5 caipiras para o filme e para a sua review colega. Consegui passar bem o que é o filme.
    É isso mesmo, um assunto sério que não foi tratado de forma leve, mas que no fim das contas, deixou o filme leve (ficou confuso hahaha)
    Eu adorei o filme e todos os personagens. Só não é aquela fidelidade em pessoa em relação ao livro. Mas agora gosto do filme de um jeito e do livro de outro jeito. Então sou toda amor pelos dois.
    Linda crítica, parabéns!

    1. Wendel Wonka Diz

      Obg Giselle! Eu dei uma pesquisada sobre o livro e realmente parece ser bem diferente! Fiquei curioso pra ler agora! hahahaha! =]

  5. Eduardo Narciso Bicalho Diz

    Jogos da Fome**

    1. Wendel Wonka Diz

      UAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUHUAHUAHUAHAUH

    2. Wendel Wonka Diz

      Jogos Famintos cara! xD

  6. Juliana Lugarinho Diz

    Minhas impressões sobre o filme são outras, acho que já devo estar com o olhar treinado!
    Mas iisso é assunto pros próximos capítulos 😉

  7. Danilo Alves Lima Diz

    Concordo com tudo que vc falou, cara! O filme é muito foda mesmo!

  8. Rodrigo Santos Diz

    O filme é muito bom, só acho que merecia um elenco melhor. A Jennifer até que faz bem o papel de puta lôka, mas o Bradley está bem abaixo do que o personagem pede.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.