Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Previsões do Oscar 2014 – Melhor Ator

SERÁ QUE É CEDO PRA FALAR DE OSCAR? O Cinema de Buteco acha que não. Não, nunca é cedo pra falar de Oscar! Se é uma premiação marmelada ou não, é discutível. E nunca é cedo pra elogiar/limar certas performances, não é?

2013 foi um ano…surpreendente. Nomes novos bombando, gente inusitada chegando de mansinho e até gente das antigas recebendo o reconhecimento que merece. O negócio é que a imprensa internacional já está fazendo o famoso “oscar-buzz” (que eu prefiro chamar de bafafá porque fica mais legal) de quem-é-que-vai-ganhar-o-quê, e a gente vem aqui informá-los quem são os possíveis candidatos a serem, talvez, quem sabe, um dia, felizardos na festinha da Academia. Ei-los:

MELHOR ATOR

- Advertisement -

Tom Hanks por CAPITÃO PHILLIPS e WALT NOS BASTIDORES DE MARY POPPINS

SAVING MR. BANKS - TRAILER NO. 1 -- Pictured: Tom Hanks (Screengrab)

Tom Hanks está de volta, senhoras e senhores. E não é fazendo gracinha em mais uma adaptação dos livros de Dan Brown ou com uma dentadura pavorosa como em A Viagem. O excelente ator já ganhou dois Oscars (por Filadélfia e Forrest Gump) é um dos cotados pela imprensa internacional à estatueta pelos dois filmes – o primeiro, sobre um navio cativo por piratas somalianos; o segundo, sobre o lendário produtor Walt Disney e os bastidores do filme Mary Poppins. Como só pode ser indicado por um, caso a previsão se concretize, o mistério jaz aí: qual filme será o escolhido pela Academia?

Benedict Cumberbatch por O QUINTO PODER

Wikileaks film
Interpretando o irreverente Julian Assange, cabeça do site Wikileaks, Cumberbatch (nosso querido de Desejo e Reparação, do último Star Trek e a voz do dragão cabuloso d’O Hobbit), o ator inglês está gerando bafafá com a performance no filme, que muitos apontam como a única coisa boa na obra do diretor Bill Condon (o cara que fez os últimos filmes da franquia Crepúsculo, tá?).

Idris Elba por MANDELA: LONG WALK TO FREEDOM

idris-elba-stars-in-new-trailer-for-mandela-long-walk-to-freedom-144469-a-1378968456-470-75
Produzido pelos Irmãos Weinstein, Idris Elba (Círculo de Fogo, Thor, Rock’n’Rolla) vem com tudo na pele de Madiba, apelido carinhoso que os africanos deram ao grande Nelson Mandela. O filme nem saiu ainda e os críticos já estão certos do sucesso. Vamos aguardar!

Chiwetel Ejiofor por 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO

chiwetel
Novato para a grande massa, mas queridinho dos amantes do cinema faz um tempo, Ejiofor fez Filhos da Esperança, Serenity: A Luta Pelo Amanhã e Coisas Belas e Sujas ao lado de Audrey Tatou. Sua grande chance veio ao ser escolhido pelo fantástico diretor Steve McQueen (autor de Shame e do maravilhoso Fome) para protagonizar o drama alfarrábio que conta com a participação de Brad Pitt e Michael Fassbender.

Leonardo DiCaprio por O LOBO DE WALL STREET e O GRANDE GATSBY

new-wolf-of-wall-street-trailer-leonardo-dicaprio-is-the-wealthiest-stockbroker-in-the-world
Leonardo DiCaprio é um dos maiores nomes de Hollywood. Escolhe a dedo cada um dos projetos de que participa. Cobra absurdos até para o padrão de Hollywood e sempre entrega uma performance memorável. O cara pode, né, gente? O Lobo de Wall Street é o mais novo filme de Martin Scorsese (BFF do DiCaprio, como todo mundo sabe) e O Grande Gatsby foi sucesso de bilheteria no mundo todo. Mas será que dessa vez ele consegue chegar lá?

Oscar Isaac por INSIDE LLEWYN DAVIS

inside-llewyn-davis-oscar-isaac-thumb-630xauto-36938
Isaac fez o muito xingado Robin Hood de Ridley Scott (que eu, particularmente, não tenho nada contra), Drive e meu amadíssimo Alexandria e gerou um super-mega-bafafá no Festival de Cannes com a sua atuação no elogiadíssimo filme dos Irmãos Coen sobre um cantor de folk tentando o sucesso nos EUA da década de 60. Resta saber se ele vai sobreviver à competição dos pesos-pesados já consagrados na indústria.

Matthew McConaughey por DALLAS BUYERS CLUB

86909PCNMcConaughey11--3841388716147087653
McConaughey vem de uma safra boa que ainda está dando frutos. Magic Mike e Killer Joe – Matador de Aluguel trouxeram elogios ardorosos e levantaram a carreira do americano, que andava fazendo fracassos de bilheterias e desgostos para os críticos. Continuando no caminho das premiações, em Dallas Buyers Club ele ficou cadavérico de tão magro para interpretar o aidético Ron Woodruff. O filme não foi bem recebido pela imprensa, mas a performance do ator é digna da nossa atenção.

Bruce Dern por NEBRASKA

Nebraska-Bruce-Dern
Dirigido por Alexander Payne (Os Descendentes, Eleição, As Confissões de Schmidt e Sideways), queridinho dos atores americanos, o filme traz de volta à superfície Bruce Dern, ator de carreira já consolidada e com indicação ao Oscar em 1978 por Amargo Regresso. Em Nebraska, Dern interpreta um homem que viaja com seu filho pela estrada para buscar um prêmio editorial.

Forest Whitaker por O MORDOMO DA CASA BRANCA

16BUTLER_SPAN-articleInline-v2
Do diretor de Preciosa, Whitaker interpreta o personagem principal dessa cinebiografia, Eugene Allen. Retorno tão esperado quanto o de Tom Hanks, vamos torcer para Whitaker receba, mais uma vez, o reconhecimento que sempre mereceu. O cara é bom demais e já ganhou um Oscar por sua interpretação de Idi Amin em O Último Rei da Escócia.

E aí, acham justos os bafafás ou outros mereciam destaque? Diz aí, gente!

Fonte: The Playlist