Cinema por quem entende mais de mesa de bar

As Mais Belas Histórias de Amor do Cinema: Separados Pelo Casamento

Separados pelo casamento poster

Escrever sobre Separados pelo Casamento é uma missão dificil e inusitada. Poderia ser fácil visualizar um post sobre o filme saindo dos dedos da Flávia ou da Dri, até mesmo do Junnel. Mas esperar que uma pessoa que perde o tempo assistindo O Predador e A Virgem de 18 anos, consiga falar sobre um filme de comédia romantica voltado para o público feminino, é pedir demais. Certo? Não sei. Talvez role uma identificação, motivo que me levou a querer ver o filme e logo escrever sobre ele.

A história do filme é sobre um casal que após ficar dois anos juntos (a abertura do filme é um apanhado de várias fotos da convivência dos pombinhos), começam a discutir e decidem terminar a relação. O problema é que nenhum dos dois aceita deixar o apartamento. Na verdade, nenhum dos dois queria o fim da relação, eles apenas não conseguiram estabelecer uma comunicação proveitosa e que evitasse tanto desgaste. O elenco do filme ainda tem o diretor de Homem de Ferro, o também ator Jon Favreau. Existe pelo menos uma cena muito engraçada que é o jantar que vira uma peça musical e destaque para a cena em que Jennifer Aniston mostra a bundinha. Rápido, verdade, mas é a bunda da Rachel (Friends maniac)!! haha

- Advertisement -

Mas retomando o pensamento inicial, é engraçado como filmes e músicas tem o poder de causar uma reflexão pertinente para algumas pessoas (me incluo). Separados pelo Casamento mostra um personagem que todo mundo conhece na vida real. Uma pessoa que deveria assistir a palestra do Terrence Stamp em Sim Senhor (aquele filme do Jim Carrey e que por sinal, é dirigido pelo mesmo diretor) e parar de ser rabugento e negar tudo. Gary é uma pessoa legal e todo mundo gosta de sair com ele, mas a verdade é que ele nunca faz o que não quer. Sempre é motivado pelo que é bom para ele e ignora o que os outros pedem. A coitada da Brooke não teve chances. Se sacrificava para o relacionamento dar certo, mas não conseguia perceber a forma que era amada pelo marido (aposto que o maldito era capricorniano). E ao invés de tentar uma conversa, decidiu entrar no jogo da provocação. Acaba que Gary aprende uma valiosa lição de valorizar os momentos, mas acima de tudo criar uma base para um futuro sólido.

Antes tarde do que nunca, né? Recomendo para todos.

Ficha Técnica:
Separados Pelo Casamento (The Break-up, 2006)
Dirigido: Peyton Reed
Roteiro: Jeremy Garelick , Jay Lavender baseado em história de Vince Vaughn, Jeremy Garelick e Jay Lavender
Genêro: Comédia
Elenco: Jennifer Aniston , Vince Vaughn
Trailer: