Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Mientras Duermes

mientras duermes
SE HAVIA ALGUMA DÚVIDA SOBRE A QUALIDADE DO TRABALHO DO CINEASTA ESPANHOL JAUME BALAGUERÓ, elas acabaram depois do tenso Mientras Duermes. Para quem não assimilou o nome, Balagueró é um dos dois criadores da franquia REC (embora não tenha tido nenhuma participação no criticado terceiro filme, o qual gostei bastante). Conduzindo um thriller sobre os riscos de se confiar em alguém, o diretor demonstra talento e criatividade para deixar o espectador refletindo sobre a sua própria insegurança.

A trama apresenta o porteiro de um grande edifício e sua relação com os vários moradores. Existe espaço para a idosa com seus cachorrinhos cagões queridos, um síndico pentelho, uma pré-adolescente metida a besta, além, claro, de uma gostosona. A pobre coitada se torna a obsessão de Cesar, que passa a invadir seu apartamento todas as noites.

A premissa lembra bastante o horroroso A Inquilina, com a diferença de que agora temos uma obra de qualidade inquestionável. Algumas das ideias se repetem, como os constantes abusos sexuais sofridos pela jovem durante o seu profundo sono, mas com eficiência e naturalidade. E para fortalecer o conceito, temos um ator (Luis Tosar) feio e meio creepy. Bem melhor do que imaginar que por trás do charme de Jeffrey Dean Morgan existe um psicopata maluco. Balagueró acaba com essa besteira de colocar a atração física como elemento do suspense e deixa logo um homem que não se enquadra em nenhum padrão de beleza.

- Advertisement -

Tosar consegue se sair bem diante a responsabilidade de conduzir a trama praticamente sozinho. Se não é o melhor ator do mundo, pelo menos teve méritos para convencer como um porteiro ambíguo e ameaçador. Marta Etura é outro destaque de Mientras Duermes. Interpretando a jovem (e realmente bela) Clara, a moça desperta o lado selvagem do seu porteiro. Para quem achou o rosto da atriz familiar, basta se lembrar de O Impossível, de Juan Antonio Bayona.

Mientras Duermes assusta, especialmente quem mora em um grande edifício com um porteiro estranho, por mostrar que nossa segurança é uma coisa muito relativa e frágil, quase como uma mentira criada para dar a falsa sensação de que dentro de nossas casas estamos protegidos. E é realmente assustador refletir e considerar que não seria algo impossível de ultrapassar a barreira da ficção com a realidade. Ao confiar em uma pessoa, você se deixa vulnerável, e mal pode imaginar que aquela pessoa com cara de lerdo bonzinho esconde segredos macabros.

Ainda bem que não moro em um apartamento, pois não iria conseguir dormir nunca mais depois de assistir Mientras Duermes. O longa-metragem recebeu o título Sleep Tight, em inglês.


poster mientras duermes
Nota:[tresemeia]

Comentários