Cinema por quem entende mais de mesa de bar

30 Melhores Filmes de 2019

Um ano surpreendente para os críticos de plantão.

#5 História de um Casamento

melhores filmes de romance de 2019 - história de um casamento(Marriage History, Noah Baumbach, 2019) Existe algo especial em ver um relacionamento ficcional chegando ao seu final. Muitas vezes nos colocamos no lugar dos personagens para nos identificar com aquela dor. Ou tentar usar essas narrativas como uma forma de terapia para tentar buscar entender o outro lado.

História de um Casamento tem na atuação de Scarlett Johansson seu maior trunfo. Não é que Adam Driver deixe a desejar, mas é que o trabalho de Johansson é intenso. Impossível não se deixar levar pela frustração que se torna em raiva e tristeza em diversas das cenas do longa-metragem.

- Advertisement -

Noah Baumbach demonstrou uma sensibilidade ímpar ao trabalhar sua própria culpa pelo fim de seus relacionamentos reais e fez um dos principais trabalhos de 2019 e uma das histórias mais emocionantes da temporada.

Recomendado para quem gosta de: Kramer vs Kramer; Namorados Para Sempre; Filmes dirigidos por Noah Baumbach ; Atuações arrepiantes; Filmes sobre relacionamentos reais que chegam ao fim


#4 Coringa

coringa poster(Joker, Todd Phillips, 2019)  Arthur Fleck pode não ser um nome muito conhecido da maioria das pessoas, mas para os fãs de quadrinhos ele traz uma carga dramática muito grande: é o nome de batismo do grande vilão de Batman, o Coringa. A Warner, sem muito o que fazer com os direitos de personagens de quadrinhos, decide arriscar abrindo mão do péssimo Coringa Jared Leto e se propõe a fazer um filme despretensioso, sem grandes efeitos, investimentos e nem tão pouco alarde, sobre o personagem carismático. E adivinhem só, sucesso!

No impressionantemente excelente filme do diretor Todd Phillips (Se beber não case, 2009), acompanhamos a história de Fleck, um desajustado social que trabalha como palhaço de eventos e almeja uma carreira de comediante stand-up. Todos os seus sonhos e desejos são frustrados pelas instituições sociais (família, governo e empresa) que paulatinamente o desprezam e tentam quebrar seu espírito.

Coringa é um filme que funciona em tantas camadas que pode ser considerado uma deliciosa lasanha cinematográfica. A obra de Phillips consegue ser bem sucedida em todos os níveis: servindo bem desde o exigente fã de quadrinhos, passando pelo cinéfilo de carteirinha − que se deliciará com as referências e homenagens −, até chegar ao intelectual mais severo, que receberá uma extravagante obra. O longa aborda temas complexos como a loucura e o tratamento dado pela sociedade às pessoas mentalmente debilitadas, a luta de classes, as relações interpessoais e o nosso papel no meio do caos proposto pelo capitalismo.

Recomendado para quem gosta de: cinema e não de parques de diversão


#3- Bacurau

BACURAU BOM PRA BACURAU(Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho, 2019) Um poderoso faroeste moderno e distópico, um grito de revolta, que mostra a força do povo nordestino, uma análise sobre os estágios do racismo. A cena em que os americanos explicam para os brasileiros do Sudeste que eles não são caucasianos como pensam ser, e por isso não são iguais a eles, é brilhante.

A trilha é fantástica, começa com a intrigante ‘Não Identificado’ da Gal Costa e flutua naturalmente para ‘Night’ de John Carpenter.

Bacurau é o Brasil de hoje. (Marcelo Palermo)

Recomendado para quem gosta de: Filme bom pra caralho!


#2 O Irlandês

melhores filmes de 2019 - o irlandês(The Irishman, Martin Scorsese, 2019) Um assassino da máfia relembra toda a sua história, incluindo a parte em que admite ter matado Jimmy Hoffa.

Se você precisa de um bom motivo para assistir a O Irlandês, aqui vão cinco: Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci, Harvey Keitel e Martin Scorsese. No mínimo. Com um elenco fabuloso, Scorsese conta a história de um homem que pode ser descrito como uma espécie de Forrest Gump da máfia. Ele parece estar envolvido em todos os eventos criminosos importantes das décadas de 60 a 80. É importante ressaltar que nada do que vemos é comprovadamente verdade, é a palavra de um criminoso. Apesar da estranheza dos olhos claros e dos efeitos digitais rejuvenescedores, De Niro está em um grande momento. Pacino abusa de seus estouros e berros pausados para compor um quadro rico. Pesci dá sempre a impressão de uma falsa calma, com um vulcão interior pronto a irromper.

Tudo no filme funciona muito bem, da fotografia à montagem, passando pela trilha e a reconstituição das épocas. Além dos tiros, assassinatos e intrigas, O Irlandês fala também de lealdade, de família, de temas caros a mafiosos. Apesar de serem brutamontes violentos, Scorsese vai fundo na mente deles, abordando até a incapacidade de comunicação e de demonstrar afeto, o que mantém uma filha afastada de seu pai. O diretor tem uma carreira variada, com dramas históricos, comédias, documentários. Mas ninguém é melhor ao contar uma história como essa. (Marcelo Seabra, do blog O Pipoqueiro)

Recomendado para quem gosta de: Filmes de Máfia; Martin Scorsese; Al Pacino; Robert de Niro; Joe Pesci


#1 Parasita

melhores filmes de 2019 - parasita(Gisaengchung, Bong Joon-ho, 2019) A família de Ki-taek está desempregada e aos poucos todos os familiares conseguem emprego na casa dos ricos Parks, que não sabem que todos seus funcionários são parentes.

Bong Joon-ho coloca em pauta um tema que muitos não querem falar ou preferem ignorar: a desigualdade social. O sul-coreano construiu não apenas uma história sobre ricos e pobres, mas uma história sobre respeito, compaixão, dignidade e empatia.

Por meio de variados gêneros, o diretor nos faz sentir sensações extremas e intensas, as quais, juntas, agem como um baque quando os créditos começam a rolar. Merece o topo porque o mundo precisa de uma obra de arte como essa no contexto em que vivemos agora. Desesperadamente. (Dani Pacheco)

Recomendado para quem gosta de: Filmes sobre desigualdade social; Comédias de humor negro; jeitinho brasileiro de tirar vantagem dos outros; Filmes com grandes surpresas