Cinema por quem entende mais de mesa de bar

33 frases incríveis de Neil Gaiman

QUAL LADO DE NEIL GAIMAN VOCÊ CONHECE? A versatilidade deste ser ao escrever é tão incrível, que é impossível rotula-lo. Para quem não sabe, a jornada do autor até o sucesso foi um tanto difícil. Após ser rejeitado inúmeras vezes por editores, Neil aproveitou a carreira como jornalista para fazer os contatos que precisava. Depois de inúmeras críticas literárias, biografia da banda Duran Duran e inúmeros artigos, chegou a vez de publicar o livro “Don’t Panic”, que o levaria até o romance que traria tal reconhecimento para o autor: Good Omens. Desde então, Gaiman se dedicou e se arriscou em diversas áreas, como os quadrinhos, terror, mistério, ficção científica e muitos livros infantis. E mesmo com tamanha versatilidade, é impossível não encontrar as marcas de Gaiman em suas histórias.

Hoje, Gaiman completa 56 anos e é considerado um dos autores mais importantes da atualidade e  o responsável por reinventar e popularizar a literatura fantástica.

neilgaiman1

- Advertisement -

Para comemorar a data, separamos 33 frases marcantes das obras do autor. Confira e compartilhe!

Faça Boa Arte:

01 – “(…) nada que eu tenha feito exclusivamente por dinheiro jamais valeu, exceto como uma amarga lição. E em geral também acabei sem dinheiro. As coisas que fiz porque estava animado, porque queria de verdade que elas existissem, nunca me desapontaram, e nunca me arrependi do tempo que dediquei a esses projetos.”

02 – “Às vezes o caminho para fazer o que você quer vai ser simples e direto, e às vezes será quase impossível decidir se você está fazendo ou não a coisa certa, porque vai precisar equilibrar suas metas e sonhos com comprar comida, pagar as contas e arranjar trabalho, aceitando o que conseguir.”

Lugar Nenhum:

03 – “Devemos ensinar os nossos temores a nos temerem.”

 

neil-gaiman-alerta-de-risco-resenha-intrinseca-01

 

Alerta de Risco:

04 – “Certas coisas ficam à espreita, esperando pacientemente por nós, em passagens sombrias da nossa vida. Acreditamos que ficaram para trás, que as ultrapassamos, que lá vão ressecar e encolher e serão levadas pelo vento – mas estamos enganados. Elas permanecem lá na escuridão, à espera, se exercitando, praticando seus golpes mais potentes, o soco impetuoso, duro e insensível no estômago, só aguardando o momento em que voltaríamos por aquele caminho. ”

05 – “As aventuras têm seu lugar e estão muito bem nele, mas há muito a ser dito a respeito das refeições em horários regulares e uma vida resguardada de sofrimento. ”

06 – “Estamos todos usando máscaras. É isso que nos torna interessantes. ”

Confira nossa resenha de Alerta de Risco.

 deuses americanos os filhos de anansi lugar nenhum

 

Deuses Americanos:

07 – “Sabem, acho que prefiro ser homem do que deus. A gente não precisa de ninguém para acreditar na gente. A gente vai seguindo em frente de qualquer jeito. É o que fazemos. ”

08 – “Religiões são, por definição, metáforas, apesar de tudo: Deus é um sonho, uma esperança, uma mulher, um escritor irônico, um pai, uma cidade, uma casa com muitos quartos, um relojoeiro que deixou seu cronômetro premiado no deserto, alguém que ama você – talvez até, contra todas as evidências, um ente celestial cujo único interesse é assegurar-se que o seu time de futebol, o seu exército, o seu negócio ou o seu casamento floresça, prospere e triunfe sobre qualquer oposição. Religiões são lugares para ficar, olhar e agir, pontos vantajosos a partir dos quais se observa o mundo.”

09 – “Existem novos deuses crescendo nos Estados Unidos, apoiando-se em laços cada vez maiores de crenças: deuses de cartão de crédito e de auto-estrada, de internet e de telefone, de rádio, de hospital e de televisão, deuses de plástico, de bipe e de néon. Deuses orgulhosos, gordos e tolos, inchados por sua própria novidade e por sua própria importância. Eles sabem da nossa existência e tem medo de nós, e nos odeiam – disse Odin. – Vocês estão se enganando se acreditam que não. Eles vão nos destruir, se puderem. Ë hora de a gente se agrupar. E hora de agir. ”

10 – “Posso acreditar em coisas que são verdade e posso acreditar em coisas que não são verdade. E posso acreditar em coisas que ninguém sabe se são verdade ou não.”

11 – “Acredito que sabonetes antibactericidas estão destruindo nossa resistência à sujeira e às doenças, de modo que algum dia todos seremos dizimados por uma gripe comum, como aconteceu com os marcianos em Guerra dos Mundos. ”

12 – “Acho que o destino da humanidade está escrito nas estrelas, que o gosto dos doces era mesmo melhor quando eu era criança, que aerodinamicamente é impossível para uma abelha grande voar, que a luz é uma onda e uma partícula, que tem um gato em uma caixa em algum lugar que está vivo e que está morto ao mesmo tempo (apesar de que, se não abrirem a caixa algum dia e alimentarem o bicho, ele no fim vai ficar só morto de dois jeitos). ”

12 – “Acredito que qualquer pessoa que diz que o sexo é supervalorizado nunca fez direito, que qualquer um que diz saber o que está acontecendo pode mentir a respeito de coisas pequenas. ”

13 – “Acredito na honestidade absoluta e em mentiras sociais sensatas. ”

14 – “Acredito que a vida é um jogo, uma piada cruel e que a vida é o que acontece quando se está vivo e o melhor é relaxar e aproveitar. ”

Confira nossa resenha de Lugar Nenhum.

Coraline:

15 – “-Você realmente não entende, não é? – Disse. – Eu não quero tudo o que eu quiser. Ninguém quer. Não realmente. Que graça teria ter tudo o que se deseja? Em um piscar de olhos e sem o menor sentido. E daí? ”

16 – “Porque – disse ela – quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem.”

o oceano no fim do caminho

 

O Oceano no Fim do Caminho:

17 – “(…) – Vou dizer uma coisa importante para você. Os adultos também não se parecem com adultos por dentro. Por fora, são grandes e desatenciosos e sempre sabem o que estão fazendo. Por dentro, eles parecem com o que sempre foram. Com o que eram quando tinham a sua idade. A verdade é que não existem adultos. Nenhum, no mundo inteirinho (…)”

18 – “Não tenho saudade da infância, mas sinto falta da forma como eu encontrava prazer em coisas pequenas, mesmo quando coisas maiores desmoronavam. Eu não podia controlar o mundo no qual vivia, não podia fugir de coisas nem de pessoas nem de momentos que me faziam mal, mas tinha prazer nas coisas que me deixavam feliz”.

19 -” – Ninguém realmente se parece por fora com o que é de fato por dentro. Nem você. Nem eu. As pessoas são muito mais complicadas que isso. É assim com todo mundo.”

20 – “As crianças, como eu já disse, seguem caminhos alternativos e secretos, ao passo que os adultos vão por ruas e caminhos predeterminados.”

21 – “Livros eram mais confiáveis que pessoas, de qualquer forma.”

22 – “Vivia nos livros mais que em qualquer outro lugar.”

23 – “Adultos seguem caminhos. Crianças exploram. Os adultos ficam satisfeitos por seguir o mesmo trajeto, centenas de vezes, ou milhares; talvez nunca lhes ocorra pisar fora desses caminhos, rastejar por baixo dos rododendros, encontrar os vãos entre as cercas. ”

 

ccoisas frageis neil gaiman

 

Coisas Frágeis:

24 – “Acho… que prefiro me lembrar de uma vida desperdiçada com coisas frágeis, a uma vida gasta evitando a dívida moral.”

25 – “Escrever é bem parecido com cozinhar. Algumas vezes o bolo não cresce, não importa o que você faça, e em outras fica mais gostoso do que você jamais poderia ter sonhado. ”

26 – “O trabalho do artista é mostrar às pessoas o mundo em que elas vivem. Nós seguramos um espelho. ”

a90828053f2a24f158cf038bfe92637a

Sandman:

27 – “Nossa existência deforma o universo. Isso é responsabilidade. ”

28 – “Andei fazendo uma lista de tudo que não ensinam na escola. Não ensinam a amar. Não ensinam a ser famoso. Não ensinam a ser rico ou pobre. Não ensinam a se afastar de alguém que você não ama mais. Não ensinam a saber o que se passa na cabeça dos outros. Não ensinam o que dizer a alguém moribundo. Não ensinam nada que valha a pena saber. ”

29 – “O preço que se paga para conseguir o que se quer, é conseguir o que se queria. ”

30 – “Você já amou? É horrível, não? Você fica tão vulnerável. O amor abre o seu peito e abre o seu coração e isso significa que qualquer um pode entrar em você e bagunçar tudo. Você ergue todas essas defesas. Constrói essa armadura inteira, durante anos, para que nada possa lhe causar mal. Aí uma pessoa idiota, igualzinha a qualquer outro idiota, entra em sua vida. Você dá a essa pessoa um pedaço seu, e ela nem pediu. Um dia, ela faz alguma coisa besta como beijar você ou sorrir, e de repente sua vida não lhe pertence mais. O amor faz reféns. Ele entra em você. Devora tudo que é seu e lhe deixa chorando na escuridão. E então uma simples frase como ‘talvez devêssemos ser apenas amigos’ se transforma em estilhaços de vidro rasgando seu coração. Isso dói. Não só na sua imaginação ou mente. É uma dor na alma, uma dor no corpo, é uma verdadeira dor-que-entra-em-você-e-o-destroça-por-dentro. Nada deveria ser assim, principalmente o amor. Odeio o amor.”

31 – “Que poder teria o inferno, se os prisioneiros daqui não fossem capazes de sonhar com o céu? ”

32 – “O mundo é tão sólido e estável quanto uma camada de espumas sob um poço sem fundo de águas negras. Significa que somos apenas bonecas. Que não sabemos nada sobre o que realmente acontece. Que só nos enganamos sobre controlarmos nossas vidas porque a uma distância menor do que a espessura do papel, coisas que nos levariam à loucura, se pensássemos nela por muito tempo, brincam conosco.”

33 – “O que ganho eu, se conquisto aquilo que busco? Um sonho, um alento, uma espuma de alegria fugidia. Quem compra o contentamento de um minuto para se lamentar uma semana?”

Confira nossa resenha de Criaturas Estranhas.

Bônus:

O pai do mestre dos sonhos, Neil Gaiman, realizou em maio de 2012, um discurso para os formandos da University of the Arts, na Philadelphia. Confira:

Qual dessas é a sua favorita? Esquecemos de alguma? Deixe a sua nos comentários!

Comentários