Cinema por quem entende mais de mesa de bar

As dez piores bilheterias de 2019

Enquanto alguns filmes dão lucro, outros dão prejuízo aos estúdios. Veja quem fez isso em 2019!

QUAIS FORAM AS DEZ PIORES BILHETERIAS DE 2019? 

Se, por um lado, 2019 foi marcado por diversos sucessos de bilheteria, por outro nem tanto. Como sempre, tivemos filmes indo mal no box office e dando prejuízo a quem os produziu.

É chato falar disso porque é triste ver tantas produções falhando em atrair os espectadores. Produções que reúnem profissionais competentes, responsáveis e talentosos em sua equipe. Mas nem tudo se ganha na vida, né? Acontece e seguimos em frente.

- Advertisement -

Antes de seguirmos com a lista, precisamos deixar uma coisa clara: quando avaliamos o desempenho comercial de um filme, temos que considerar os custos de produção (orçamento), divulgação e distribuição. Ou seja, um longa pode arrecadar mais do que custou e mesmo assim dar prejuízo, pois teve altos custos de promoção e distribuição.

Confira!

#10 As Panteras*

No fundo no fundo, todo mundo sabia que seria um tiro no pé. Não havia demanda para outra adaptação de As Panteras; não tínhamos aqui um trio de grandes estrelas como Cameron Diaz, Lucy Liu e Drew Barrymore em 2000; o orçamento foi baixo demais – $ 48 milhões – para termos cenas de ação eletrizantes como nos dois anteriores; apelo pequeno nas mídias sociais (Kristen Stweart, que é o nome mais popular do elenco, não tem nenhum perfil on-line).

Enfim, tinha tudo para ser uma bomba e foi isso que aconteceu. Faturou cerca de $ 57 milhões no mundo todo, com gastos de divulgação em torno de $ 50 milhões, sendo que o plano inicial era o dobro deste valor. Nem a redução dos gastos evitará o prejuízo à Sony Pictures.

*ainda em cartaz

 

#09 Tolkien

A história do autor dos aclamados O Senhor dos Anéis e O Hobbit não colou. Acho que nem se tivesse dois atores realmente populares no elenco – e olha que Nicholas Hoult e Lily Collins são rostos conhecidos, especialmente a atriz e seus quase 20 milhões de seguidores no Instagram – teria dado certo.

A produção não foi exibida em festivais, onde poderia ter recebido atenção e ganho buzz, e teve uma recepção fria da imprensa, com 51% no RT e 48 no MC. Além disso, a Fox Searchlight lançou o filme em pleno mês de maio, concorrendo com nada mais nada menos que Vingadores: Ultimato, Detetive Pikachu e John Wick 3.

Saldo: orçamento de $ 20 milhões, arrecadação global de $ 7,7 milhões.

 

#08 Calmaria

Pra ser sincera, eu me lembro de ouvir falar da produção, mas nem dei notícia quando Calmaria entrou em cartaz logo no início do ano. O filme estrelado por Anne Hathaway e Matthew McConaughey passou totalmente despercebido no circuito cinematográfico de 2019.

Pior do que as críticas negativas no RT e MC, o filme amargou um D+ no Cinemascore. Prova de que um diretor como Steven Knight (Locke) e um elenco que conta ainda com Diane Lane, Jason Clarke e Djimon Hounsou não conseguem fazer milagre com o público.

Orçamento de $ 25 milhões e arrecadação de $ 14,4 milhões no mundo todo.

 

#07 Playmobil – O Filme*

A melhor palavra que resume Playmobil é fiasco. A animação passou por tudo de ruim que poderia ter passado, o que resultou em um dos maiores fracassos da história.

Primeiramente, teve uma avaliação de 17% no RT e 25% no MC. O público deu um B+ à produção no Cinemascore, o que é extremamente baixo para animações.

O fim de semana de estreia nos EUA foi abaixo de $ 1 milhão, com distribuição em mais de 2 mil salas. Trata-se da terceira pior estreia da história para uma produção lançada nessa quantidade de locais. E olha que o valor do ingresso estava a $ 5, enquanto o preço médio no país é de $ 9.

O lançamento em dezembro também não ajudou em nada. Playmobil competiu com Jumanji, Frozen II, Entre Facas e Segredos e, semanas depois, Star Wars.

Resultado? Orçamento de $ 40 milhões, faturamento de $ 13,7 milhões até o momento.

*ainda em cartaz

 

#06 O Pintalssilgo

Este talvez seja um fracasso que tenha surpreendido muitas pessoas. Além de ter na direção John Crowley (Brooklyn, Boy A), é baseado em uma obra ganhadora do Pulitzer e tem um elenco que inclui Ansel Elgort, Nicole Kidman, Sarah Paulson e Luke Wilson. Sua estreia ocorreu no prestigiado Festival de Toronto também.

No entanto, não colou. A crítica deu 25% de aprovação no RT e 40% no MC. Os espectadores deram um frio B no Cinemascore. O filme arrecadou somente $ 2,6 milhões no fim de semana de estreia, em 2.542 salas dos EUA. É a sexta pior da história para lançamentos feitos em mais de 2.500 salas.

Com um orçamento de $ 45 milhões, O Pintalssilgo teve uma arrecadação de cerca de $ 10 milhões. Global. Um prejuízo enorme para a Warner Bros, cujo valor é de $ 50 milhões, segundo o Deadline.