Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Oscar 2019: previsões de novembro

Confira nossas mais novas apostas para a maior premiação do cinema!

Com a temporada de premiações chegando ao seu ápice, chegou a hora de um novo post sobre a corrida do Oscar 2019. Desde as últimas previsões em outubro, muita coisa aconteceu e apimentou ainda mais a corrida!

Alguns favoritos mantiveram-se na posição, como Nasce uma Estrela, A Favorita e Infiltrado na Klan. O segundo, comandado por Yorgos Lanthimos, estreou recentemente nos EUA e teve uma recepção bastante calorosa do público, mesmo sendo um lançamento bastante limitado. Os outros dois já estão consolidados como enormes sucessos de crítica e bilheteria.

Esse sucesso coloca as três produções brigando em diversas categorias, com Bradley Cooper aparecendo, neste momento, como o mais forte entre os atores principais. Apesar da aprovação de sua atuação em Bohemian Rhapsody e a positiva resposta comercial da adaptação, Rami Malek não é páreo para Cooper; Nasce uma Estrela se beneficia de notas extremamente altas da imprensa mundial, algo que a biografia do Queen não tem. Lady Gaga e Olivia Colman estão numa disputa acirrada, ao lado de Glenn Close, entre as protagonistas. No caso dos coadjuvantes, está bastante difícil dar algum palpite por agora, por isso, aguardaremos um pouco mais.

- Advertisement -

Roma, novo drama do mexicano Alfonso Cuarón, deve repetir algo similar ao de Amor (2012): vencer na categoria de filme estrangeiro e ainda concorrer como melhor filme, melhor direção e, talvez, atriz. Categorias técnicas também devem contemplar o aclamado longa, premiado com o Leão de Ouro no Festival de Veneza.

O indie no Coração da Escuridão, que estreou timidamente em maio nos EUA, vem se mostrando uma surpresa na temporada de premiações. Aclamado em festivais de 2017, o drama estrelado por Ethan Hawke parece que vai ter forças para levar indicações nas categorias de ator e roteiro original. No início desta semana, o filme saiu premiado do Gotham Awards justamente nessas duas ocasiões.

Mary Poppins. A continuação do clássico de 1964 configura na lista a seguir por causa das impressões que teve nos últimos dias. O embargo da imprensa termina somente no dia 12, mas nas redes sociais já estão liberados comentários a respeito da adaptação. Por enquanto, grandes elogios têm sido feitos e as previsões para as bilheterias são muito boas.

A diferença é que 54 anos atrás o lançamento foi em agosto, no auge verão norte-americano; este ano, isso acontece próximo do Natal. Será que o lançamento tardio não vai atrapalhar um pouco o desempenho no Oscar? Caso contrário, Rob Marshall pode repetir o sucesso de outro musical da carreira dele, Chicago (2002).

Agora, as decepções. Duas películas que antes eram cotadas para disputar várias estatuetas acabaram dando adeus à corrida: As Viúvas e O Primeiro Homem. Algumas indicações devem ocorrer, mas vão ser em menos categorias do que antes se imaginava e as chances de saírem do evento com alguma recompensa são praticamente nulas. Por quê? Apesar da recepção sólida da crítica, ambas fracassaram nas bilheterias e isso vai afetar o buzz e força delas nos próximos meses.

Algo similar aconteceu com Jobs em 2015, quando a adaptação de Danny Boyle foi aclamada pelos jornalistas, mas deu prejuízo à Universal em termos comerciais. No fim daquela temporada, o longa saiu do Oscar com apenas duas indicações de atuação. Se tivesse dado dinheiro, a história teria sido outra.

Duas Rainhas, que conta no elenco com Saoirse Ronan e Margot Robbie, foi exibido este mês no AFI Fest, em Los Angeles. Era uma adaptação com bastante potencial, só que a campanha fraca e o lançamento meio que em cima da hora não ajudaram. A produção estreia dia 07 nos EUA e tem críticas positivas a seu favor, mas é bem difícil vê-la conseguir ir longe nesta temporada. Quase nenhum especialista está apostando no drama de Josie Rourke.

As indicações ao Globo de Ouro serão anunciadas no próximo dia 6, seguidas pelo Critics’ Choice dia 10 e SAG no dia 12. Em janeiro, pouco antes da Academia revelar suas escolhas, publicaremos a lista de previsões finais.

A 91ª edição do Oscar acontece em 24 de fevereiro de 2019.

 

MELHOR FILME
Infiltrado na Klan
Roma
O Retorno de Mary Poppins
O Primeiro Homem
Nasce uma Estrela
A Favorita
Green Book: O Guia
Pantera Negra
Se a Rua Beale Falasse

MELHOR DIREÇÃO
Alfonso Cuarón, Roma
Bradley Cooper, Nasce uma Estrela
Yorgos Lanthimos, A Favorita
Spike Lee, Infiltrado na Klan
Barry Jenkins, Se a Rua Beale Falasse

MELHOR ATRIZ
Glenn Close, A Esposa
Lady Gaga, Nasce uma Estrela
Melissa McCarthy, Poderia me Perdoar?
Olivia Colman, A Favorita
Yalitza Aparicio, Roma/Emily Blunt, O Retorno de Mary Poppins

Bradley Cooper Nasce uma Estrela

MELHOR ATOR
Bradley Cooper, Nasce uma Estrela
Christian Bale, Vice
Viggo Mortensen, Green Book: O Guia
Rami Malek, Bohemian Rhapsody
Ethan Hawke, No Coração da Escuridão/Ryan Gosling, O Primeiro Homem

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Amy Adams, Vice
Emma Stone, A Favorita
Rachel Weisz, A Favorita
Claire Foy, O Primeiro Homem/Nicole Kidman, Boy Erased: Uma Verdade Anulada
Regina King, Se a Rua Beale Falasse

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Richard E. Grant, Poderia me Perdoar?
Sam Elliott, Nasce uma Estrela
Mahershala Ali, Green Book: O Livro Guia
Adam Driver, Infiltrado na Klan
Michael B. Jordan, Pantera Negra/Timothée Chalamet, Querido Menino

A Favorita filme

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
A Favorita
Roma
Green Book: O Livro Guia
Oitava Série/Um Lugar Silencioso
No Coração da Escuridão/Vice

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Infiltrado na Klan
Nasce uma Estrela
Poderia me Perdoar?
Se a Rua Beale Falasse
As Viúvas/O Primeiro Homem

MELHOR ANIMAÇÃO
Os Incríveis 2
Mirai no Mirai
Ilha de Cachorros
WiFi Ralph: Quebrando a Internet
Homem-Aranha no Aranhaverso/O Homem das Cavernas

Guerra Fria filme

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Roma (México)
Guerra Fria (Polônia)
Assunto de Família (Japão)
Cafarnaum (Líbano)
Em Chamas (Coreia do Sul)

 

Comentários