Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Oscar 2020: previsões de dezembro

As últimas apostas do ano estão prontas. Confira!

Chegamos em dezembro. Muitas coisas mudaram desde as listas de setembro, outubro e novembro, principalmente com as indicações ao Globo de Ouro, Critics’ Choice, SAG, Annie, entre outras premiações relevantes para o Oscar. Também tivemos as pré-listas da Academia, que já nos dão uma ideia do que esperar em categorias específicas.

Além disso, produções que ainda não haviam sido exibidas para a imprensa em geral ou que não haviam estreado nos cinemas americanos, finalmente o foram: 1917, Joias Brutas, Adoráveis Mulheres e O Escândalo.

Premiações apontam favoritos

- Advertisement -

lupita nyong'o oscar 2020

Para quem acompanha a temporada de premiações regularmente, sabe-se que os melhores precursores do Oscar são os eventos dos sindicatos e, principalmente, das associações de críticos de Nova York e Los Angeles. No entanto, é importante ficar de olho no Globo de Ouro e no Critics’ Choice porque muitos nomes que aparecem lá também aparecem na disputa pela estatueta.

Em 2019, dois atores se destacaram entre os críticos americanos: Antonio Banderas e Lupita Nyong’o. Este já havia ganho o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes e, mesmo ficando de fora do SAG, tem a seu favor esses importantes reconhecimentos citados, um filme aclamado e um nome popular na indústria. Ao lado de Adam Driver e Joaquin Phoenix, o espanhol tem tudo pra ser indicado.

Já para a vencedora do Oscar em 2014, o lançamento “cedo” para os padrões da Academia era uma ameaça. No entanto, o sucesso de crítica e bilheteria de Nós, a lembrança da LAFCA e NYFCC, além do SAG, definitivamente colocam Nyong’o na disputa. Ela aparece forte na categoria de melhor atriz, junto de Scarlett Johansson e Renée Zellwegger. Charlize Theron e Awkwafina são outros nomes favoritos na corrida. Cynthia Erivo tem uma campanha forte, Harriet é sucesso de público nos EUA, sem contar as indicações ao SAG, Globo de Ouro e Critics’ Choice. Vamos ver se ela emplaca o BAFTA também. Lembrando que, somente uma vez na história do Oscar, tivemos duas negras na categoria de melhor atriz. Será que vamos quebrar essa vergonhosa raridade?

E Adam Sandler? Joias Brutas é um grande sucesso de crítica e vem indo bastante bem nas bilheterias americanas, apesar do C+ no Cinemascore. O ator também tem a seu favor diversas indicações a prêmios de associações de críticos, ao Gotham e ao Independent Spirit Awards. O reconhecimento do Critics’ Choice e do National Board of Review são outros pontos a favor dele. Por outro lado, o fato de Sandler ter sido esnobado no SAG é algo que pesa bastante. A A24 precisa intensificar sua campanha nas próximas semanas; a categoria está fortíssima em 2019!

Na categoria de atriz coadjuvante, tudo indica que está entre Laura Dern e Jennifer Lopez. Ambas foram indicadas a tudo até o momento, sem contar os prêmios na LAFCA (Lopez) e NYFCC (Dern). No momento, Dern está na frente, mas isso não impede Lopez de ganhar o Globo de Ouro, por exemplo. Podemos ter aqui um ano similar a 2015, quando Kate Winslet e Alicia Vikander dividiram vários prêmios: Globo de Ouro e BAFTA pra inglesa; SAG e Oscar pra sueca.

No caso de ator coadjuvante, a disputa parece estar entre Brad Pitt e Joe Pesci. Inicialmente, o primeiro era o frontrunner por sua aclamada performance em Era uma vez em…Hollywood. O fato de nunca ter ganho o Oscar também o ajudava. Porém, o sucesso gigantesco de O Irlandês, com destaque para as atuações do elenco e a campanha pesada da Netflix, coloca Pesci forte na disputa. Seria o segundo Oscar do ator na carreira, depois de Os Bons Companheiros há quase 30 anos.

Bong ou Scorsese?

bong oscar 2020

Esta é a pergunta de um milhão de dólares: Bong Joon-ho ou Martin Scorsese para direção? Parasita ou O Irlandês para filme? No ponto em que estamos, todo mundo já sabe que o longa sul-coreano está com as duas mãos na estatueta de filme internacional. Será que ele vai repetir o feito de Roma no ano passado, ainda levando direção, por exemplo? Ou finalmente ganhará, pela primeira vez na história do Oscar, os prêmios de melhor filme e melhor filme internacional? Roteiro original é outra chance para o longa sul-coreano.

Scorsese venceu como diretor e filme em 2007, por Os Infiltrados. No entanto, quem viu O Irlandês e/ou acompanha as premiações, sabe muito bem que a produção tem sido considerada uma das melhores dos últimos anos; até mesmo uma das melhores do próprio Scorsese. Ou seja, é provável que a Academia opte por ser mais democrática e divida os prêmios: filme para um, direção para outro. Vale lembrar que roteiro adaptado e ator coadjuvante também são possibilidades para o drama norte-americano, além de categorias técnicas, é claro.

E Quentin Tarantino? Bom, o cineasta começou como frontrunner, mas perdeu força com o crescimento dos dois colegas. Mas nunca diga nunca. Era uma vez em…Hollywood ainda é potencial candidato nas duas categorias discutidas anteriormente, roteiro original, ator coadjuvante e técnicas. Dicaprio não entra na briga desta vez e, pra ser sincera, não fique em choque se ele for esnobado. Nunca vi um ano tão concorrido para melhor ator. Tirando Driver, Phoenix e Banderas, as duas vagas restantes ficam entre Leo, Jonathan Pryce, Christian Bale, Taron Egerton, Adam Sandler, Robert De Niro e Eddie Murphy.

1917 e Adoráveis Mulheres encantam

adoráveis mulheres oscar 2020

Duas produções chegaram tarde na temporada de premiações, só que relativamente bem. Mesmo não sendo candidatas em categorias de atuação, 1917 e Adoráveis Mulheres devem marcar presença na lista da Academia em função das excelentes críticas e potencial sucesso de público.

No caso de 1917, o drama de Sam Mendes tem grandes chances de ser indicado a melhor filme, direção e roteiro original, entre as principais categorias. Além disso, é o favorito em trilha sonora e fotografia. Sim, Roger Deakins pode vencer o Oscar pela segunda vez em apenas dois anos!

Adoráveis Mulheres pode entrar em roteiro adaptado, melhor filme (caso indiquem a cota máxima permitida), direção e técnicas. Em melhor atriz, Saoirse Ronan corre por fora. Florence Pugh merecia uma indicação por Midsommar, mas como sabemos que isso jamais aconteceria no Oscar, a jovem revelação pode entrar em atriz coadjuvante, por seu papel na produção Oscar-bait de Greta Gerwig.

Pré-listas do Oscar

democracia em vertigem oscar 2020

No meio de dezembro, conhecemos as pré-listas da Academia em nove categorias. A mais aguardada delas era a de filme internacional, que tinha como um dos favoritos A Vida Invisível, representante do Brasil. Infelizmente, ficamos de fora mais uma vez e o jejum do país na maior premiação do cinema continua.

Monos, da Colômbia, foi outro esnobado. Com isso, não temos nenhuma produção da América na shortlist em questão. Ao lado de Parasita e Dor e Glória, os três títulos que provavelmente brigarão pelas demais indicações são Atlantique, Corpus Christi, Les Misérables, Honeyland e Beanpole.

Vingadores: Ultimato e Star Wars aparecem nas pré-listas de efeitos visuais e trilha sonora. Cats ficou de fora de canção original, mas entrou em efeitos visuais. O fracasso comercial e de crítica, sobretudo em relação às questões técnicas do musical, devem prejudicar o filme de Tom Hooper.

Uma notícia boa para os brasileiros é que Democracia em Vertigem, da Netflix, está dentro de melhor documentário. O país teve duas co-produções indicadas na categoria nos últimos dez anos: Waste Land (2010) e O Sal da Terra (2014). Ficamos na torcida para mais uma indicação!

Animações

link perdido oscar 2020

Com as indicações ao Annie divulgadas, temos um cenário com Frozen II e Toy Story 4 praticamente selados na categoria. Link Perdido e Perdi meu Corpo são nomes que vêm fortes nas vagas que sobram. A quinta que fica seria preenchida por Como Treinar o seu Dragão 3, se tudo correr conforme o esperado. No entanto, nada impede a animação japonesa, O Tempo com Você, de entrar também. Klaus corre por fora, mesmo sendo uma aposta mais difícil de ser concretizada. Jamais subestime a Netflix!

O que falta

Temos pouco mais um mês pela frente ainda, que será marcado pelas indicações aos sindicatos dos roteiristas e diretores e, é claro, ao BAFTA e ao Oscar. Elas acontecem nas seguintes datas:

06/01 – Writers Guild Awards  

07/01 – Directors Guild Awards 

07/01 – BAFTAs

13/01 – Oscars

Confira minha lista de dezembro e deixe seu comentário!

 

MELHOR FILME
História de um Casamento

1917

Era uma Vez em…Hollywood

Jojo Rabbit

Parasita

Ford vs Ferrari

Dois Papas

O Irlandês

Adoráveis Mulheres

Coringa

 

MELHOR DIREÇÃO
Quentin Tarantino, Era uma vez em…Hollywood

Sam Mendes, 1917

Noah Baumbach, História de um Casamento

Joon-ho Bong, Parasita

Martin Scorsese, O Irlandês

Alt: Todd Phillips, Coringa; Greta Gerwig, Adoráveis Mulheres

 

MELHOR ATRIZ
Scarlett Johansson, História de um Casamento

Lupita Nyong’o, Nós

Awkwafina, The Farewell

Charlize Theron, O Escândalo

Renee Zellweger, Judy

Alt: Cynthia Erivo, Harriet; Saoirse Ronan, Adoráveis Mulheres

 

MELHOR ATOR
Adam Driver, História de um Casamento

Joaquin Phoenix, Coringa

Jonathan Pryce, Dois Papas

Leonardo Dicaprio, Era uma vez em…Hollywood

Antonio Banderas, Dor e Glória

Alt: Christian Bale, Ford vs Ferrari; Adam Sandler, Joias Brutas; Robert de Niro, O Irlandês

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Laura Dern, História de um Casamento

Florence Pugh, Adoráveis Mulheres

Margot Robbie, O Escândalo

Jennifer Lopez, As Golpistas

Shuzhen Zhao, The Farewell

Alt: Cho Yeo-jeong, Parasita; Scarlett Johansson, Jojo Rabbit; Annette Bening, O Relatório

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Brad Pitt, Era uma vez em…Hollywood

Al Pacino, O Irlandês

Anthony Hopkins, Dois Papas

Song Kang-ho, Parasita

Joe Pesci, O Irlandês

Alt: Tom Hanks, A Beautiful Day in the Neighborhood; Willem Dafoe, O Farol

 

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Noah Baumbach, História de um Casamento

Dor e Glória, Pedro Almodóvar

Quentin Tarantino, Era uma vez em…Hollywood

Joon-ho Bong e Jin Won Han, Parasita

Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns, 1917

Alt: Lulu Wang, The Farewell; Rian Johnson, Entre Facas e Segredos

 

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Taika Waititi, Jojo Rabbit

Anthony McCarten, Dois Papas

Todd Phillips e Scott Silver, Coringa

Steven Zaillian, O Irlandês

Greta Gerwig, Adoráveis Mulheres

Alt: Micah Fitzerman-Blue e Noah Harpster, A Beautiful Day in the Neighborhood

 

MELHOR ANIMAÇÃO
Toy Story 4

Frozen II

O Tempo com Você

Perdi meu Corpo

Link Perdido

Alt: Klaus; Como Treinar o seu Dragão 3; Funan

 

MELHOR FILME INTERNACIONAL
Dor e Glória (Espanha)

Parasita (Coreia do Sul)

Atlantique (Senegal)

Les Misérables (França)

Corpus Christi (Polônia)

Alt: Beanpole (Rússia); Honeyland (Macedônia do Norte)