Review: Fear the Walking Dead s02e01 – “Monster”

Uma semana após aquele final mais ou menos frustrante de The Walking Dead, estamos de volta com o mundo dos zumbis. E que legal ter esse reencontro com Fear the Walking Dead, que está na história do Cinema de Buteco por ter sido a primeira série a receber um review completo de todos os episódios.

Outra novidade bem legal é que a partir desta semana, eu estarei trabalhando com o Rafael Façanha no site Walking Dead Br, inclusive apresentando o podcast dedicado a Fear the Walking Dead.

Em “Monster” nós descobrimos o que acontece depois dos eventos do final da temporada de estreia. O misterioso Strand leva os nossos heróis para o seu barco luxuoso e todos escapam dos zumbis pelo alto mar. Tudo parecia bem até que Alicia comete um erro que pode colocar a segurança de todo mundo em risco.

Ê Alicia!

Com uma curiosa referência a Clube da Luta, de Chuck Palahniuk (“A primeira regra é que esse barco é meu. A segunda regra é esse barco é meu”), Strand já se garante como um dos personagens mais interessantes da série.Ao lado de Nick e Daniel, o misterioso trapaceiro parece guardar um grande segredo que nos faz imaginar que ele saiba mais que todos.

“Monster” escorrega numa sequência brega em que Alicia age como uma adolescente apaixonada falando com o namoradinho de escola pelo telefone. Ou pelo menos é essa a sensação que os cortes transmitem. Sem falar no quanto é cafona dar close no rádio usado por ela para se comunicar: nós, telespectadores, poderíamos ter passado bem sem essa…

Ainda que TWD tenha usado Johnny Cash recentemente, a verdade é que FTWD mostrou logo de cara um tino musical apurado. Depois usarem Lou Reed na primeira temporada, “Monster” cria uma sequência ingênua em que Alicia se comunica com um desconhecido que está ouvindo “Five Years”, do saudoso David Bowie. Não tenho a menor dúvida de que a opção foi para homenagear um dos maiores nomes da história da música.

Apreciei a estreia como um todo. Os minutos iniciais até tentam recriar aquele clima de terror visto no comecinho da temporada do ano passado, mas o fato é que hoje a diferenciação de uma série para outra está apenas nos personagens e nas respectivas linhas de tempo. “Monster” não é um episódio daqueles que te fazem pular da cadeira, mas funciona bem para abrir a nova leva de episódios.

Fear the Walking Dead seguirá o padrão da série principal: teremos a primeira metade da temporada e um intervalo até o retorno, que coincidirá com o sétimo ano de The Walking Dead.

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.