Cinema por quem entende mais de mesa de bar

2 Coelhos

2 Coelhos

2 COELHOS É UM FILME um tanto quanto pretensioso: ele arrisca um formato de filme de ação no qual poucos brasileiros apostam. Mas é como a maioria dos filmes nacionais de ação costuma ser: cheios de ação (RISOS), tiro, palavrão e aquelas frases que se o filme fizer sucesso vão virar bordões, né “zero meia”? Mas nem só com ação se mata dois coelhos com uma cajadada só. O filme gira em torno da história de Edgar (Fernando Alves Pinto) que fica um tanto confusa. Primeiro o cara é um mauricinho vida ganha, depois a gente vai vendo que não é bem assim. A história se desenrola em torno de um plano do Edgar que, pode-se dizer, é um plano de vingança… Mas ao mesmo tempo de “redenção” (se não for muito exagero usar essa palavra).

2 Coelhos (1)O filme é também um tanto quanto ousado, pois mistura cenas de ação com cenas de animação, com vários efeitos digitais e especiais dignos de Hollywood. E assim como muitos dos filmes que eu ando vendo ultimamente, não segue uma linha temporal muito bem definida, mas nada que faça com que a pessoa “se perca” no filme. Em meio a efeitos, defeitos, frases de efeito e cenas meio violentas, a história do Edgar vai sendo mostrada e percebe-se que ele não é tão a toa na vida assim. A narrativa vai e vem do filme conta bem o plano dele de vingança e as cenas se misturam, como que ao contar uma história ele também vai contando outras. E a história é contada em terceira pessoa, então o próprio vai dando “dicas” de que tal ou qual pessoa é importante na trama, o que eu achei um pouco desnecessário, mas não vem ao caso. Mas não pensem que 2 Coelhos é um filme vazio, porque até que não! No meio de assaltos, planos mirabolantes, jogos de câmera rápidos e muitos palavrões, os conflitos dos personagens ficam bem evidentes. Aliás, acho que os conflitos deles mesmos são mais interessantes que o conflito principal da história.

Bom, como tudo nessa vida tem um motivo, o plano de vingança de Edgar não seria diferente, e ele envolve todos os personagens do filme de alguma forma. Desde o bandido bandidão (Marat Descartes), passando pelo assaltante (Thayde), pelo advogado chave de cadeia, pela promotora pública (Alessandra Negrini – tenho que confessar que adoro ela  =x), pelo deputado corrupto, pelo professor universitário que perde a família (Caco Ciocler)… E justamente por envolver tanta gente, o verdadeiro plano de Edgar, o segundo coelho a ser morto com a cajadada, passa quase despercebido.

Prum filme que você assiste assim como eu assisti (numa tarde de sábado pra fugir de um shopping cheio), 2 Coelhos é um bom filme. Cheio dos clichês dos filmes “blockbusters nacionais”, mas com atores nem tão óbvios assim e com uma trama mais interessante do que a princípio parece, o filme é um bom passatempo. Mas se eu tivesse ido prum buteco eu teria aproveitado mais.

2 Coelhos (Pôster)Título original: Dois Coelhos
Direção: Afonso Poyart
Produção: Afonso Poyart
André Poyart
Roteiro: Afonso Poyart
Elenco: Alessandra Negrini
Caco Ciocler (Olga)
Fernando Alves Pinto
Marat Descartes
Lançamento: 20 de Janeiro de 2012
Nota:

 

- Advertisement -

Comentários