Como Você Sabe

Jovem atleta é cortada do time de softball e precisa repensar sua vida. Ela conhece dois homens e começa a se perguntar sobre o que vale mesmo à pena na vida, enquanto vai entrando em um divertido triângulo amoroso.
James L. Brooks é um dos principais nomes por trás do sucesso da série Os Simpsons e dentre os poucos filmes que dirigiu, se destaca Melhor é Impossível de 1997. O sujeito é daqueles que fazem poucos filmes, mas sempre que resolve se aventurar na direção, o resultado é no mínimo agradável. Como Você Sabe é um desses exemplos, onde uma simples história sobre decepções profissionais é contada de maneira sutil e agradável. Claro que o carisma do elenco ajuda bastante, afinal quem resiste a um filme estrelado por Reese Witherspoon?
Se você pensou em Legalmente Loira 2 como um exemplo para detonar a minha argumentação, saiba que mesmo as mais belas e apaixonantes atrizes já tiveram o seu momento Miss Simpatia. Witherspoon tem crédito de sobra depois de ter vencido o Oscar de melhor atriz por sua performance no lindo Johnny and June. Outro ator que pode ser vítima de críticas cruéis é Owen Wilson. Infelizmente não tenho muitos argumentos para defender o cara, então… ame ou odeie.
A verdade é que independente de gostar ou não dessa dupla (ou do Paul Rudd, que completa o triângulo amoroso), o importante é que o roteiro de Brooks é simples, objetivo e engraçado. O melhor de Como Você Sabe é a maneira como a história é conduzida, sem cansar o espectador com clichês previsíveis ou cenas sem necessidade. Bem como a presença de várias piadas e momentos que funcionam. Quando o personagem de Wilson tenta descobrir se está apaixonado, recebe um conselho que entra fácil para a lista dos mais politicamente incorretos (e que é a cara de nossa e qualquer outra geração) do cinema. Aliás, o carisma que Wilson consegue colocar em seus personagens é sempre algo digno de elogios. Aqui ele vive um atleta sem o mínimo tato sentimental e que vibra como um garoto quando fala ou age como um adulto.
De qualquer forma, o roteiro é bem inferior ao excelente Melhor é Impossível. Nem mesmo a presença de Jack Nicholson (que faz um papel importante, mas tem poucas cenas. e nas que aparece, não faz nada de especial) conseguiu deixar as duas produções no mesmo nível. Claro que essa é uma comparação besta e sem sentido, pois são duas obras completamente distintas. E em tempos diferentes. Mas não se pode dizer que em tempos onde surgem poucas comédias românticas inteligentes, Como Você Sabe não merece um lugar de destaque.

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.