Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Confissões de Uma Garota de Programa

Imagine a ideia de um relacionamento aberto. Depois transforme a mulher em uma acompanhante de luxo. Como é que isso soa para você? Complicado, né? O homem iria precisar ser muito seguro de si mesmo (e muito moderninho) para conseguir lidar com uma situação do tipo. Ainda mais quando os riscos de alguém mais interessante aparecer são enormes. Essa é a mais ou menos a temática principal de Confissões de uma Garota de Programa.

O poster não podia ser mais insinuante. A expressão sensual da atriz porno Sasha Grey e o texto que sugere que o filme deve ser visto ao lado de alguém que você fode, são provocantes e dão indicios que Confissões de uma Garota de Programa é um daqueles filmes pornos de luxo. Pois bem. Se a sua intenção é ver o pau quebrando (mais ou menos no sentido literal da coisa), devo recomendar outro filme em nosso pseudo especial sobre filmes sensuais. O novo filme de Steven Soderbergh não vai preencher as suas expectativas.

- Advertisement -

Mas se você estiver curioso com a atuação da bela Sasha Grey em seu primeiro filme sério (ok. os outros 170 filmes são seriamente direcionados para um público bem diferente), é de se surpreender mesmo. A moça manda bem interpretando uma prostituta de luxo. Não que o papel fosse oferecer desafios para Grey, mas só de não ter que ficar pelada o tempo inteiro já é lucro para a carreira dela. Li diversas resenhas sobre o filme e sempre encontrava a mesma sinopse que dizia “o filme retrata cinco dias na vida de uma acompanhante de luxo”. Certo. Soderbergh conseguiu quebrar a minha cabeça com a forma fragmentada que apresenta a história e os tais cinco dias parecem soar uma verdadeira eternidade.

Confissões de uma Garota de Programa não é necessariamente um filme para ser assistido ao lado de quem você come. O seu único atrativo em comparação com outro filme qualquer, é que ele mostra o poder de nossas escolhas e o caminho que decidimos percorrer, mesmo quando existem os riscos. O destino da personagem principal é um exemplo disso. De resto, se você não estiver com muito saco, só veja se for fã do diretor mesmo. É a vida.

3 caipirinhassss

Comentários