Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Assassino Virtual

O Cinema de Buteco estava marcando bobeira. Em mais de um ano de blog, ninguém nunca citou os consagrados Denzel Washington e Russel Crowe. Como é que um blog de cinema pode cometer um erro destes? Denzel faturou o Oscar por sua atuação no excelente Dia de Treinamento. Russel levou a estatueta dourada para casa por seu trabalho em parceria com Riddley Scott em Gladiador. Ambos filmes estarão disponíveis em breve no nosso pequeno acervo. Mas enquanto não chega o dia, que tal falar do filme que uniu os dois astros?

Russel Crowe interpreta um perigoso assassino virtual que conta com a personalidade de outros duzentos assassinos. Seu sadismo e gargalhadas, lembram bastante o Coringa. Denzel Washington vive um ex policial que foi preso após matar meio mundo em uma vingança particular, mas que serve de cobaia para os experimentos com o assassino virtual. As coisas se complicam quando um cientista maluco resolve levar as mortes virtuais para o mundo real. E a única pessoa que pode parar o personagem de Russel Crowe, é o policial prisioneiro.

- Advertisement -

Ação desenfreada e atuações inspiradas daqueles que anos depois conquistariam a consagração com o Oscar. Quando vi da primeira vez, foi um filme bem mais divertido. Hoje foi só mais uma forma de se passar um sabado. Nada indispensável, mas eu recomendo mesmo assim!

Ficha Técnica:
Assassino virtual (Virtuosity, 1995)
Dirigido: Brett Leonard
Roteiro: Eric Bernt
Genêro: Suspense
Elenco: Denzel Washington , Russel Crowe

Comentários