Duro de Matar | Cinema de Buteco
Críticas de filmes de ação

Duro de Matar

die_hard Duro de Matar

Duro de Matar é um dos filmes de ação mais marcantes que o cinema já produziu. Na época, o nome do ator Bruce Willis era mais conhecido pelo seriado A Gata e o Rato e só mesmo depois de encarnar o policial John McClane que ele se tornou um astro. A franquia gerou três sequências, mas nenhuma consegue tirar o charme do filme original, que ainda conta com Alan Rickman (Severus Snape de Harry Potter) no elenco e direção de John McTiernan (O Predador).

Pouca gente deve saber, mas o roteiro de Duro de Matar é baseado em um livro chamado “Nothing Lasts Forever” do escritor Roderick Thorp. O projeto inicial seria para uma sequência de um filme do gigante Arnold Schwarzenegger, mas acabou dando origem a uma das franquias mais interessantes de Hollywood. Todo ator de ação/aventura tem a sua própria franquia e com Bruce Willis não poderia ser diferente. John McClane é um policial sarcástico, esquentadinho e muito, muito rabugento. Todas essas características aumentam a identificação do público com o personagem, que consegue agradar desde aqueles que gostam de tiros e porrada até os que não se importam com um pouco de humor.


A trama é simples. Um grupo de terroristas invade um prédio durante a celebração do natal e sobra para o John McClane, que é casado com uma das pessoas que festejava o natal junto de seus companheiros de serviço, salvar a pátria a tempo de todos poderem chegar em casa e trocar presentes. Muita ação, muito tiro e se tratando de um roteiro que se passa todo em um único ambiente, McTiernan fez um trabalho incrível e inesquecível.

Recentemente comprei a edição “definitiva” em DVD e fui surpreendido pelo interessante material interativo no disco 2. O usuário pode brincar de ser o montador do filme em três cenas diferentes, usando uma das tomadas disponíveis. Para quem gosta de cinema e de entender mais sobre o funcionamento da coisa, o dvd acaba sendo peça indispensável na coleção. Além desse bônus, o segundo disco ainda tem algumas cenas deletadas e versões alternativas de tomadas que acabaram entrando na versão final.

São quatro caipirinhas no nosso Buteco!

die_hard Duro de Matar

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.

Comentários

  1. gnt q compra DVD de duro de matar… tsc tsc tsc… como vc msm disse o filme é simples… clichesão… tudo bem q Bruce Willis dá uma salvada no genero… mas nd q mel gibson e danny glover ja ñ tivessem feito exatamente no ano anterior… fórmula repetida… 4 caipirinhas… forçou hein 2T! forçou! hhuahauhauhauhauhau

  2. ACHO
    que Maquina Mortifera veio DEPOIS de Duro de Matar, hein… Em maio tem posts dos filmes da saga…

    Esse filme é foda, Jairo!