Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Máquina Mortífera 3

UM É BOM. DOIS É MELHOR. E três é melhor ainda. Ao contrário do que aconteceu na franquia Duro de Matar, a terceira parte de Máquina Mortífera consegue agradar e apaga a impressão ruim que o segundo filme deixou. Dessa vez não existem (d)efeitos especiais de “última geração” para mostrar explosões e os personagens estão mais maduros, graças à química perfeita de Danny Glover (Rebobine, Por Favor), Mel Gibson, Joe Pesci e de Rene Russo, que faz sua estréia na série. 

- Advertisement -


Os produtores tiveram a preocupação em não repetir os mesmos erros do longa anterior e correr o risco de estragar a franquia. Como de praxe, as piadas e a relação de Riggs e Murtaugh ganham destaque em meio de uma investigação contra um grupo de policiais corruptos que traficam armas. Não se pode esperar nada muito profundo da franquia Máquina Mortífera e é justamente por isso que é tão fácil gostar tanto desses personagens. 


Seguindo a tradição, existem várias sequências de tirar o fôlego. A melhor é quando Riggs tenta prender um assaltante de carro forte e Murtaugh sofre com o assédio de uma policial rechonchuda e safadinha. A série consegue misturar ação e comédia com uma facilidade incrível. A tensão sexual da personagem de Russo com Gibson é outro ponto alto, que acaba resultando numa cena de sedução que começa com uma disputa por quem tem o pior machucado…  


Altamente indicado para os fãs de filmes policiais e com uma boa dose de humor. 


DADOS TÉCNICOS

Título Original: Lethal Weapon 3
Direção: Richard Donner (Superman – O Filme)
Roteiro: Jeffrey Boam
Robert Mark Kamen
Produção: Richard Donner
Joel Silver
Elenco: Mel Gibson
Danny Glover
Rene Russo
Stuart Wilson
Joe Pesci
Duração: 118min
Lançamento: Maio/1992

Comentários