Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Matrix

Matrix poster

Este post se destina a pessoas que:
1 – Não assistiram Matrix;
2 – Assistiram mas não entenderam Matrix;
3 – Assistiram mas não gostaram de Matrix (o que provavelmente te encaixa no grupo 2).
Observação importante: falarei sobre o PRIMEIRO FILME deixando os outros dois da trilogia para posts posteriores.
Bem, todos avisados. Acho que podemos começar.


Lançado em Março de 1999, Matrix se tornou imediatamente um dos clássicos contemporâneos do Sci-fi, trazendo às telas uma realidade alternativa baseada no gênero Cyberpunk, que basicamente significa “punk cibernético” e tem como lema o seguinte esquema “High tech, low life” (alta nível tecnológico, baixo nível de vida.) em uma comparação extrema é imaginar mendigos com braços biônicos mexendo em seus iPads 2 e enchendo a cara de cachaça por não ter nenhuma perspectiva de vida. Isto é cyberpunk.

- Advertisement -

Só faltou o braço biônico
Ele reparou bem, eu nunca teria visto.

Prosseguindo com a história, o personagem principal é Thomas A. Anderson (Keanu Reaves)  um simples programador de uma grande empresa durante o dia, e a noite se “transforma” num dos Hackers mais fodões reconhecido como NEO.
A vida do Sr. Anderson, ou  NEO  se preferir, é como a de qualquer um de nós, exceto pelo fato de que havia algo que o incomodava constantemente. Um vazio injustificável e uma vontade de ir embora sem saber para onde, uma sensação de não saber se já tinha acordado ou se continuava sonhando. Até que um belo dia (ou melhor numa bela noite) a tela do seu computador começa a piscar uma mensagem inquietante: “Acorde Neo, a Matrix te pegou. Siga o coelho branco” e é o que ele faz até chegar a uma festa onde encontra uma mulher  que se identifica como Trinity (Carrie-Anne Moss), no caso o nome de um outro Hacker responsável por ataques grandiosos a servidores, e que surpreende Neo por ser uma mulher.

Durante este encontro Trinity conta a Neo que ele corre um grande risco e que Morpheus (Lawrence Fishburne), outro hacker fodão, deseja vê-lo. Neo acha aquilo tudo uma grande baboseira e vai para casa, na tentativa de continuar sua vida como se nada tivesse acontecido.
Bem, deixando de ser tão descritivo, Neo encontra com Morpheus que lhe oferece a oportunidade de ver a realidade e entender o porque destes sentimentos, ou de simplesmente esquecer de tudo e seguir em sua vida cheia de incertezas e de sensações esquisitas.

É claro que você já sabe do que eu estou falando, Morpheus oferece a NEO a possibilidade de SAIR de Matrix. Mas AFINAL, o que é Matrix?

Senta que lá vem a história

Bem, neste e nos outros dois filmes da trilogia, não fica bem explicito o que aconteceu, afinal entende-se que os únicos que sabem o que realmente aconteceu são as máquinas que dominam Matrix, e alguns programas como o Oráculo. O que deixa a explicação sobre Matrix para dois dos episódios da serie ANIMATRIX chamada O segundo renascer parte 1 e parte 2 (que estavam no Youtube, mas não consegui encontrá-los mais) vale a pena assistir, mas se não tiver paciência é só continuar lendo.

adao e eva animatrix

O homem estava feliz e tudo mais no planeta Terra, até que resolveu criar máquinas com inteligência artificial. Estas maquinas começaram a se reproduzir e logo eram tantas que decidiram criar uma cidade chamada 01. Um local pacífico criado e formado somente por maquinas, e que por questões óbvias de produção rapidamente ultrapassou economicamente todas as grandes potencias mundiais.

As maquinas solicitaram o reconhecimento de 01 como uma nova nação e queriam ter, assim como os humanos,  direitos civis e liberdade.  Pedido que foi rejeitado de maneira violenta.
Depois desta recusa, e com base no desempenho assustador da economia de 01 a raça humana teve a maravilhosa ideia de atacar e destruir todas as máquinas, afinal o que nós havíamos os criado podia ser facilmente destruído por nós.

Resposta dos humanos.

Muitas batalhas foram travadas até que um gênio teve a brilhante ideia: Vamos tirar a pilha desses brinquedinhos e ver se eles continuam funcionando.

O problema é que a pilha dos brinquedinhos era o SOL. Claro, afinal uma raça intelectualmente superior não utilizaria combustíveis fósseis (e muito menos pagaria mais de R$3,00 por litro).
Os humanos então soltaram na atmosfera substancias que bloqueavam a entrada dos raios solares na superfície terrestre acabando com a energia solar das maquinas. mas não contavam que com tal atitude estúpida também acabariam com toda a biodiversidade na terra.
Como dizem por ai, é quando aperta que o sapo pula, e então as maquinas tiveram que buscar outra fonte de energia. É neste momento que elas descobrem que o cérebro humano é capaz de gerar essa energia necessária e em muita abundancia.

Então as máquinas criam uma plantação de humanos e os mantém vivos e com o cérebro funcionando para que assim possam capturar energia deles.

Máquinas fazendo testes no sistema nevoso para geração de energia elétrica

Por isto, os humanos ficavam em cápsulas cheias de liquido aminótico se alimentando e sonhando com Matrix enquanto os seus cérebros forneciam a energia necessária para que a raça das máquinas continuasse a sua existência.

Pilhas ligadas à Matrix

Trocando em míudos, Matrix é um second life onde as pessoas acham que estão vendo e vivendo coisas enquanto de fato tudo é uma ilusão para que o seu cérebro continue trabalhando em stand-by para fornecer energia para as maquinas continuarem vivendo.

CARACAS. Acho que se Morpheus tivesse explicado tudo isso para o NEO de cara ele não ia querer sair de Matrix.
Mas então voltando à historia do primeiro filme, as pessoas acreditam estar vivendo no final do século XX por estarem dentro de Matrix mas na realidade, na terra que foi destruida, o ano é 2200.

Morpheus é um general da resistência humana que acredita que Neo é o escolhido que veio para libertar todos os homens do domínio das máquinas. Fato que fica comprovado, mas que se desenvolve ao longo dos outros dois longa-metragem (Reloaded e Revolutions) e dos jogos (Enter the Matrix e Matrix Online).

Eu pessoalmente gosto MUITO da trilogia e de todo o universo matrix (se é que você ainda não percebeu isto.) e ao contrario de muitos fãs que odiaram as sequências eu gostei delas. Achei o fim válido e bem aceitável.
Então é isso,  por conta de todas as inovações proporcionadas em 1999 eu dou 5 caipirinhas pra este filme, e caso você discorde é só clicar ali em baixo e comentar. Mas por favor, me venha com argumentos válidos, nada de “esse filme é muito viajado” por que ele realmente é!
[cinco]

Acorda nenem!

Comentários