O Justiceiro (2004) | Cinema de Buteco
Aventura

O Justiceiro (2004)

justiceiro-2004-poster02 O Justiceiro (2004)

No começo do mês falei da segunda parte do Justiceiro. Na época estava em dúvida se era uma sequência direta (já que não havia assistido este filme de 2004) e agora tive a certeza de que não, não era. Ou seja: Frank Castle e cinema não combinam. São três filmes completamente diferentes. O Justiceiro é mais amaldiçoado que os primeiros filmes do Batman ou do Hulk.

O filme de 2004 é o melhor dos três (seria injustiça chamar de trilogia). Mas o melhor mesmo. De longe Thomas Jane (A Outra Face e Tudo Para Ficar com Ele) foi o melhor Frank Castle do cinema. Ray Stevenson não estava horrível, ele é até “duro” da forma que o Castle dos quadrinhos tem que ser, mas algo nele não me agradou tanto quanto a atuação de Jane. Prefiro não ser repetitivo ao opinar sobre o Dolph Lundgren. Né? Thomas Jane conseguiu transmitir humor e frieza, uma excelente atuação. E não falei ainda que o veterano John Travolta aparece como o grande vilão da história, mas tem uma participação discreta. Longe de chamar a atenção. Jonathan Hensleigh (roteirista de O Vidente e Jumanji) ficou responsável por escrever o filme e dirigir.

A origem do herói é apresentada nos primeiros vinte, trinta minutos. Incluindo a matança desenfreada de seus familiares (pela primeira vez eles enfiam a família toda do cara. antes eram apenas a mulher e o filho…). Logo depois a vingança tem inicio, em uma bem articulada ação. O maior problema do Justiceiro no cinema, é que ele nunca é visto realmente como um filme de herói. É sempre algo de ação. Talvez ele realmente funcionasse melhor se algum roteirista esperto (tipo o Kevin Smith) resolvesse montar um filme juntando o personagem com o Demolidor, que foi outro fiasco da Marvel. Não consigo engolir aquele uniformezinho…

Ficha Técnica:
O Justiceiro (2004)
Dirigido: Jonathan Hensleigh
Roteiro: Jonathan Hensleigh e Michael France
Genêro: Ação/Aventura
Elenco: Thomas Jane , John Travolta
Trailer

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.