Crítica: As Aventuras do Capitão Cueca (2017)

critica de as aventuras do capitao cueca

O CINEMA DE BUTECO ADVERTE: A crítica de As Aventuras do Capitão Cueca possui alguns spoilers e deverá ser apreciada com moderação.

poster as aventuras do capitao cuecaÉ MUITO RARO EU ESCREVER DE ANIMAÇÃO. Aliás, verdade seja dita, fora o trabalho do Lucas Paio fazendo sua tradicional compilação no final do ano com as melhores animações, o Cinema de Buteco não dedica tanto espaço para essa linguagem. Não é por má vontade, mas algo que se tornou uma grande fraqueza.

Tive a oportunidade de assistir As Aventuras do Capitão Cueca depois de ver o nome de Nicholas Stoller como roteirista. Acompanho seu trabalho desde Ressaca de Amor e tenho uma admiração muito grande pelo seu estilo de contar histórias. Me parecia uma animação imperdível, como Zootopia ou Festa da Salsicha, e não me enganei.

A trama apresenta esses dois moleques bagunceiros que vivem se metendo em problemas com o diretor da escola. Num belo dia, eles conseguem hipnotizar o diretor e o transformam no super-herói da revista em quadrinhos que eles desenham.

Cinéfilos de plantão ficarão derretidos com as homenagens presentes na produção: já nos minutos introdutórios temos referências a Superman e Star Wars; Curtindo a Vida Adoidado é outro clássico que ganha uma atenção especial; As crianças marchando para a aula de sábado me fez lembrar de The Wall, do Pink Floyd, ou os trabalhadores em Metropolis – qualquer que seja, não muda o fato de ser uma das cenas mais engraçadas do filme. Até podemos pensar que o herói Homem-Formiga pode ter influenciado a batalha final…

A grande mensagem de As Aventuras do Capitão Cueca pode ser notada imediatamente. Em tempos que a brincadeiras criativas são substituídas por joguinhos no celular ou computador, a obra faz questão de tentar resgatar a imaginação. Um momento sutil é quando Harold e George se comunicam usando um aviãozinho de papel ao invés de qualquer recurso digital. Somente esse momento já teria garantido minha paixão por essa comédia, mas existe muito mais!

O roteiro tem total consciência que apela para piadas de peido, mas as crianças vão adorar isso. Os adultos que reclamarem precisarão ter a sensibilidade de notar que nada é gratuito e que mesmo os clichês viram motivo de deboche ao longo da trama. E professor Fraldinha Suja é o melhor nome de vilão da história do cinema.

As Aventuras do Capitão Cueca faz rir e nos leva direto para uma época de infância que parece cada vez mais incomum para a criançada de hoje em dia, que praticamente já nasce plugada na internet. Se você quer se divertir com algo leve e que consiga arrancar boas risadas para esquecer da correria do dia a dia, essa é uma opção imperdível!

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.