Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Como Agarrar Meu Ex Namorado

Uma comédia romântica água com açúcar divertida para o público em geral e fraca para os exigentes. Stephanie Plum é uma gata que está desempregada há um tempo, precisando de grana desesperadamente e que acaba de ter o carro guinchado. A única experiência que ela tinha era o seu antigo cargo de gerente de uma famosa loja de lingeries. Além de estar sem dinheiro, ela também estava sem sorte no amor (como 70% das protagonistas desse tipo de comédia).

Já que a vida não estava fácil, Stephanie foi trabalhar com seu primo Vinnie, um sujeitinho com jeito de pilantra que não estava botando tanta fé do trabalho da moça. Vinnie possui uma agência de caçadores de recompensas. O primeiro caso que a nova caçadora foi tentar a sorte era justo o de um antigo namorado dos tempos de escola, sempre com a desculpa de que estava atrás da grana que isso poderia gerar.

- Advertisement -

O ex-namorado filé se chama Joe Morelli, o moço é um ex-policial que estava foragido por matar um traficante de heroína fora do serviço. Entre tantas tentativas de se capturar o ex-tira, Stephanie cai nas ciladas dele e começa a investigar o caso a fundo com certo apoio da polícia, que temia pela vida da moça e ao mesmo tempo a zombava pelo grau de dificuldade da ação. Um dos policiais (outro bonitão) deu uma força maior para a garota que se achava esperta: Stephanie aprendeu a atirar, a escolher uma arma ideal e, aos poucos, foi deixando de ser tão vulnerável.

Uma das coisas legais do filme é a investigação a fundo do caso de Morelli. O alvo se tornou outro: Benito Ramirez assassinava qualquer um que fizesse qualquer coisa contra ele.  Para chegar até a captura dele, Stephanie contou com moradores ameaçados e até ficou amiga das prostitutas do bairro (aqueles que aparecem em trocentos filmes americanos, cheios de imigrantes, tráfico, garotas de programa…).

Sobre os detalhes técnicos do filme, nada a se destacar. Os cenários são legais, mas nada que surpreenda muito. Filme perfeito para quem está de bobeira em casa assistir na TV, sem pretensões de encontrar o melhor filme do mundo. Vale lembrar que o filme é baseado no romance escrito por Janet Evanovich, em uma série de 17  livros sobre Stephanie Plum. Duas caipirinhas e meia pelas risadinhas que o filme causou na plateia, tá certo?

Nota:

 

 

Comentários