Postal

Em 1986 um funcionário do correio norte-americano pirou e atirou em 15 pessoas, matando-se logo em seguida. Somado ao fato de os EUA tem um número considerável de psicopatas que já trabalharam nas agências de correio do país, a história serviu para inspirar um maluco a criar um vídeo-game em 1997. Esse jogo, conhecido como Postal, acabou sendo proibido devido à sua violência excessiva. Passados 10 anos, outro maluco resolve adaptar o jogo e criar um dos filmes mais non-sense dos últimos tempos.

O próprio diretor já avisa: “Fizemos um filme para insultar todas as culturas, religiões, grupos políticos e líderes. O mundo não está equilibrado e fizemos um filme para possibilitar um debate aberto, mas polêmico”. E ele não estava brincando! Logo na introdução, dois muçulmanos discutem dentro de um avião sobre quantas virgens vão receber em troca de seu sacrifício. Quando descobrem o número exato, decidem abortar a missão. Mas os “reféns” acabam estragando tudo e o resultado é a cena de um avião se chocando com um grande edificio no centro de Manhattan. Familiar?

- Advertisement -

Para todos aqueles que estão cansados de filmes ruins e com piadas fracas, recomendo! O Postal é provavelmente, um perfeito exemplar desses filmes, mas tem um detalhe diferente: ninguém está a salvo! Boa diversão!

Ficha Técnica:
Postal (2007)
Dirigido: Uwe Boll
Roteiro: Bryan C. Knight
Genêro: Comédia
Elenco: Zack Ward
Trailer

Comentários