O Casamento de Rachel | Cinema de Buteco
Drama

O Casamento de Rachel

rachel-getting-married-2008 O Casamento de Rachel

Os últimos dias tem sido lotados aqui no Cinema de Buteco. Infelizmente não conseguimos fugir da sina do bom brasileiro de deixar tudo para a última hora e na véspera (mesmo) da maior premiação do cinema mundial, decidimos postar uma verdadeira avalanche de opiniões sobre os tais filmes indicados. Mas podia ser pior, se a gente usasse também os posts do mês passado… Uma loucura completa.

O Casamento de Rachel é dirigido pelo mesmo responsável por O Silêncio dos Inocentes (no qual venceu o Oscar de melhor diretor),e Jonathan Demme usa e abusa de sua experiência como documentarista. O filme todo acaba com um conceito de documentário, com a camêra tremendo e passando uma coisa bem real. A história pode não ser uma história verdadeira, mas a problemática Kym poderia ser alguém próximo de cada um de nós, ou quem sabe, nós mesmos. A bela Anne Hathaway (que ganhou fama com O Diabo Veste Prada) conseguiu uma merecida indicação ao prêmio de melhor atriz e se não fosse a atuação inspiradissima de Kate Winslet em O Leitor, com certeza sagraria-se vencedora da noite. Os improvisos ficam evidentes durante as cenas e o próprio diretor disse que queria fazer o filme “caseiro” mais bonito já feito. Provavelmente conseguiu.

Para quem ficou interessado, o filme conta a história de uma jovem que sai da clínica de reabilitação para participar do casamento da irmã. O problema é que a sua dependência química causou uma grande tragédia familiar e ela precisa lidar com o fato de que todo mundo a mantém sob vigilância e que tem vários assuntos pendentes a resolver com sua família, incluindo a sua irmã Rachel. Pode soar como um filme idiota, um drama qualquer como tantos outros, mas não é o que conferimos na tela. É sem dúvida, um dos grandes filmes de 2008. Recomendo demais.

Ficha Técnica:
O Casamento de Rachel (Rachel Getting Married, 2008)
Dirigido: Jonathan Demme
Roteiro: Jenny Lumet
Genêro: Drama
Elenco: Anne Hathaway, Rosemarie Dewitt
Trailer

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.

Comentários