Asas do Desejo

Wings

FOI NA GRÉCIA CLÁSSICA QUE SE INICIOU A MAIOR BRIGA DA FILOSOFIA (que, dizem as más línguas, permanece até hoje): Platão afirmava, grosso modo, que para cada coisa que existe há um original no Mundo das Ideias, onde tudo é perfeito. Aristóteles confrontou essa teoria, considerando que o mundo dos sentidos era o real. Curiosamente, em Asas do Desejo, podemos ver esses dois planos paralelamente, e analisar que, talvez, o diretor Wim Wenders seja do time de Aristóteles.

Berlim ainda sofre as dores da 2ª Guerra Mundial. O muro divide tudo, e os prédios em ruínas são como feridas expostas. Do alto das construções, uma legião de anjos cuida dos habitantes da cidade. Eles usam capas enormes, possuem grandes asas e são invisíveis, exceto para crianças e cegos, que podem senti-los. Meio que bisbilhotam o mundo, vivendo atrás dos homens e contando histórias sobre eles quando se encontram entre si. Assim, um anjo, Damiel (Bruno Ganz), acaba se apaixonando por uma humana, Marion (Solveig. Dommartin).

- Advertisement -

Wings 2O apreço de Damiel pelas coisas humanas mais banais é pura poesia. Ele quer ser visto, abraçar, tocar e ser tocado. Tudo isso se deve ao amor que sente por Marion. O personagem deseja sair de seu mundo angelical, onde tudo é preto e branco, monocórdio, e não existem sentimentos. Damiel se maravilha com os pequenos prazeres, como aqueles de Amélie Poulain (a do fabuloso destino). Só mesmo um anjo caído para se maravilhar com sangue escorrendo em sua mão após ter a cabeça machucada…

O ritmo do filme é lento, o que pode espantar os espectadores acostumados com montagens mais frenéticas e ação a todo o vapor. Porém, é essa lentidão que permite entender as questões levantadas pelo filme de Wenders, que são as mesmas do início da história da Filosofia: quem sou? Qual o meu papel no mundo? Por que certas coisas acontecem?

As respostas surgem enquanto somos maravilhados com o trabalho de fotografia de Henri Alekan, que combina as cores do mundo sensível e as sombras do mundo das ideias, revelando uma Berlim do muro, das bombas, do frio e do rock.

 Asas do Desejo faz parte da lista do livro 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer, editado por Steven Jay Schneider.

Wings - PôsterTítulo original: Der Himmel Über Berlin

Direção: Wim Wenders

Produção: Anatole Dauman, Wim Wenders

Roteiro: Peter Handke, Wim Wenders

Elenco:  Bruno Ganz, Solveig Dommartin, Otto Sander, Curt Bois, Peter Falk

Lançamento: 1987

Premiações: Melhor Diretor no Festival de Cannes (1987)

Nota:

Comentários