Moulin Rouge – Amor em Vermelho

por Bia




The greatest thing you’ll ever learn
Is just to love and be loved in return

E É ASSIM que começa um dos filmes mais bonitos e inspiradores da década passada. Primeiramente, este é um musical moderno. Sim, porque eles não pegam uma música desconhecida e enfiam em cenas que nada tem a ver com o contexto. Por exemplo, para explicar o motivo de Satine, personagem pós separação com Tom Cruise (De Olhos Bem Fechados e Entrevista Com o Vampiro) de Nicole Kidman (Reencontrando a Felicidade e As Horas), não ter ido ao encontro do Duque. Jim Broadbent (Harry Potter e as Relíquias da Morte e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal) interpreta Harold Zidler (cafetão de Satine) que canta Like a Virgin (para os desavisados, música clássica da Madonna, também no filme Na Cama com Madonna). Quer sacada mais genial? O filme resgata clássicos modernos (como Smells Like Teen Spirit, do Nirvana) e antigos (a já clássica versão de Ewan Mcgregor [Trainspotting, Peixe Grande e a Nova Trilogia Star Wars] para Your Song, do Elton John – melhor que a original) em cenas de muita cor, dança e cancan. Quando eu vi no cinema, em 2001, fui enfeitiçada pela trilha fantástica, pela química de todos os atores e pela minha cena, que é a favorita, o tango de Roxanne.


Outro destaque do filme é exatamente este. Para quem não sabe, Roxanne é uma música de rock do grupo Police. Eles a transformaram em tango. Nenhuma música que eles usaram ficou no original. Todas foram modificadas de forma perfeita. Quer dizer, não tinha como não falar de Satine sem citar em alguma canção que ela era uma prostituta. Um fato surpreendente é o fato de Mcgregor, que interpreta o poeta inocente Christian, e Kidman cantarem MUITO bem. Tão bem que eles apareceram cantando em outras ocasiões (Kidman fez uma música com Robbie Williams e Mcgregor deu uma palhinha no filme Abaixo o Amor). E as roupas? Inspiradores, na época virou moda nas passarelas. Temos que destacar a beleza de Kidman, que estava explêndida. É tanta informação que poderia destacar que eu dou um conselho: vejam o filme. Sei que tem gente que odeia musical, mas eu digo que este é totalmente diferente de qualquer um que já tenha sido feito. Vejam sem preconceito. E antes que digam que esta resenha tá pessoal demais, eu vou me justificar que fui ver este filme quando tinha apenas 12 anos. E foi um mundo que se abriu para mim. Mundo de música, roupa, possibilidades…. Sim, este filme mudou a minha vida. E filme bom é aquele que toca, não é?

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Moulin Rouge!
Direção: Baz Luhrmann
Produção: Baz Luhrmann
Roteiro: Baz Luhrmann
Craig Pearce
Elenco: Nicole Kidman
Ewan McGregor
John Leguizamo
Jim Broadbent
Richard Roxburgh
Kylie Minogue
Lançamento: Agosto.2001

  • 2T

    Acho que Moulin Rouge é um daqueles romances definitivos do cinema. Ele tem toda a dor, todo o sofrimento, ele tem a morte como forma de eternizar o amor. Poucos são os filmes que conseguem tratar desses temas e mais raros são aqueles que conseguem misturar o gênero musical com o romance…

    ACHO que é meu filme favorito do Baz Luhrmann. Pelo menos até o Grande Gatsby chegar aos cinemas no próximo ano…

    Boa escolha, Bia!

  • Rafael W.

    Um dos musicais mais lindos e contagiantes do cinema. Simplesmente inesquecível.

    http://cinelupinha.blogspot.com/

  • ana.

    sempre fui meio preconceituosa com musical, achando que todos seriam entediantes ou algo assim… e após ver alguns acabei percebendo que gosto do gênero… quando bem feitos e com uma boa historia, não são entediantes, chatos e nada disso, bem pelo contrario… Principalmente falando de moulin rouge…Concordo com o 2T ao dizer que esse é um daqueles romances definitivos!
    Moulin Rouge é completamente feliz no que se propôs. É uma história de amor indescritível, envolvente, cativante, e completa! A musica é ponto altissimo do filme, parece que tudo acontece de forma certa, no momento certo, com a música perfeita para tal!! Sou completamente apaixonada por esse filme que nem acho palavras capazes de descreve-lo!
    Nicole está, de fato, divina!
    E sim, tbm acho que o filme bom é aquele que toca!
    ótimo texto 😉

  • 2T

    Nicole é S2 total…

    ontem fiquei sabendo que ela vai fazer um film com o Nicolas Cage e o Joel Schumacher… medo.

Bia