PS: Eu te amo

p.s. Eu te amo
p.s. Eu te amo

Infelizmente, a magia de PS Eu Te Amo só funciona na primeira vez que você assiste o filme. Na segunda vez, a história já fica previsível demais e a química entre Hilary Swank e Gerard Butler fica “abalada”. Esse é um daqueles filmes “vida real”, que só acontecem uma vez e não tem como voltar atrás, sabe? Se este for o seu caso (ou se você for um “último romântico”) e for sua primeira vez, pegue um lenço, deite na cama quentinha e prepare-se para os momentos mais emocionantes.

O filme pode ser dividido em dois: primeira parte é o romance, a forma como os protagonistas se conheceram na Irlanda e vida à dois. Mas acontece, que a maioria dessas cenas só acontece depois que não existe mais o casal e o personagem de Gerard Butler está morto. Daí partimos para a segunda parte da história, o drama que rola paralelamente à lembranças da viúva. E meu amigo, vou te falar a verdade, é realmente de ferir o coração e com menos de vinte de minutos de história, você já está morrendo de chorar. É um filme lindo e emocionante, não há como negar.

Destaque para Gerard Butler, que prova que pode ser bem mais do que um brutamontes com tanquinho! Hilary Swank consegue ser razoavel e Lisa Kudrow rouba a cena como uma mulher independente e que decide agir como os homens até encontrar o seu grande amor.


trilha sonora do filme

Ficha Técnica:
PS: Eu te amo (2007)
Dirigido: Richard LaGravanese
Roteiro: Steven Rogers e Richard LaGravanese, baseado em livro de Cecelia Ahern
Genêro: Drama/Romance
Elenco: Gerard Butler , Lisa Kudrow , Hillary Swank
Trailer

ps: Aproveitando que estou num momento de fazer posts com dedicatórias, mando um beijo para a May e suas respectivas tatuagens! Ela que me convenceu a ver esse filme num dia longe de janeiro… ;D

  • mel

    “pegue o lenço, deite na cama quentinha” foi ótimo!

    É sem dúvida a melhor pedida, ainda mais agora com esse friozinho que veio depois da chuvinha com pedrinhas brilhantes.
    =)
    Então tullio, imagine um filme olhando pra você e dizendo: Assista-me! É o caso de Ps.
    Pelos comentários de amigos que viram, acabei sabendo que o filme é “muito triste”.
    Como boa admiradora de longas gargalhadas, vou enrolando e deixando pra depois. Prefiro o riso ao choro.
    Mas quando alguém posta sobre algum filme, à vontade de vê-lo aumenta muito.
    Logo, verei o mais rápido possível e volto para comentar!

    Nessas ultimas semanas tenho visto filmes maravilhosos, até preparo o lencinho, mas, não tenho usado não, nada que um P.S. não resolva não é?!
    =)

    Beijos!

  • Mr. Thomson

    A Long long time ago…
    in a galaxy far away…
    Também assisti este filme no cinema… parece que foi a 10 anos atras… muito bom, completamente imprevisivel. E sim! Eu chorei (acho que em duas partes).
    mas isto é só mais uma recordação que vai entrar pelos anais da história.

    ps.: VAI TOMAR NO CU! 😀

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.