A Noite dos Mortos Vivos | Cinema de Buteco
Terror

A Noite dos Mortos Vivos

NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos
Um cemitério a x milhas (1 milha = a x Km façam seus cálculos) de casa.
É onde Barbara e Johnny se encontram para homenagear sua falecida mãe.
Um cemitério bonito num morro de grama verdejante… Um zumbi caminhando por entre os túmulos… Sabe como é… Nada fora dos padrões… (na verdade até agora no filme, a coisa mais estranha é o fato de já ser 20:00 e o sol ainda estar brilhando…)

Uma ótima introdução para um filme de Terror que me foi apresentado nas tardes de Cine Trash da Bandeirantes (quem não se lembra do zé do caixão as 15:15?) e que trouxe (pelo menos pra mim) os zumbis para a vida cotidiana.
Este filme é o clássico dos clássicos no que diz respeito a zumbis, pois George Romero foi o primeiro a usar a idéia de zumbi como um morto que volta à vida. (no primeiro filme de zumbis “white zombie” – 1932, de Victor Halperin seres humanos comuns se transformavam em zumbis após tomar uma poção mágica de um bruxo.)

Mas vocês sabiam (sim, não são todos que sabem, eu mesmo não sabia.) que este filme de 1989, é uma refilmagem de 1968? Tudo bonitinho, mesmo título, diretor, mesmo roteiro e etc. a única diferença são os efeitos que avançaram e MUITO! Mas que não necessariamente tornaram o filme melhor ou mais assustador (mais uma vez deixo aqui a minha impressão de que o filme de 68 apesar de efeitos piores, dá muito mais medo!) Não sei dizer se é a trilha sonora, se é o fato de o filme ser em preto e branco, se é a apropriação da estética expressionista ou se é tudo junto e mais um pouco. Enfim só sei que o de 68 é mais assustador.

Vamos voltar à história.
Como já disse o filme começa com Barbara e Johnny indo visitar o tumulo de sua mãe, e sendo atacados por um zumbi. Apesar de a versão de 1968 que eu assisti era uma versão de comemorativa que onde temos uma seqüência introdutória.
1 – Com dois homens carregando um caixão de um criminoso que acabou de ser executado na cadeira elétrica.
2 – O padre “rezando” pela Alma deste criminoso “…Oh Lord, I’m not asking you to forgive this soul, I’m just asking for justice…”
3 – O padre vai embora, e os dois homens vão enterrar o criminoso mas ele se levanta e tenta atacar os dois que saem correndo.

Gostei demais desta seqüência da versão original por elas mostrarem a preocupação moral inexistente na época (pelo menos para os padrões nos quais nós fomos criados) provavelmente este seja o fator que me dá mais medo deste filme.

FOCO Junnel FOCO! Mais uma vez de volta à história. Johnny é assassinado após uma luta braçal com o zumbi enquanto Barbara consegue fugir para o carro, mas perde o controle e bate (mulher no volante né…) sendo então obrigada a fugir a pé. Barbara corre até alcançar uma fazenda no meio do nada.

Agora, imagine-se na pele desta mulher que nunca viu um zombie walk,nunca assistiu qualquer filme de mortos-vivos enfim, não sabe o que é um zumbi, e nem como matá-lo (acredito que a humanidade esteja muito mais preparada para sobreviver a um ataque de zumbis do que a uma bomba nuclear) e que ao visitar o túmulo da sua mãe, é atacada por um zumbi que assassina seu irmão. Ela foge desnorteada e encontra uma fazenda por perto. Ao chegar lá não encontra nada além de mais dois zumbis. Até que de repente escuta uma caminhonete chegando. É Ben que chega como um salvador, e é quem da um sacode em Barbara para ela então se tornar a Jill Valantine da década de 90 (este sacode não funciona na versão de 68).

Esta falta de noção de o que está acontecendo é um outro ponto forte do filme, pois, atualmente a população mundial está mais bem preparada para sobreviver a um ataque de zumbis do que a um assalto no ônibus. Na época em que ele se passa, com todos os conceitos de moral e religião, matar um outro ser humano era uma idéia horrível (ainda continua sendo), mas se eles soubessem que aqueles seres humanos já estavam mortos, tudo seria mais fácil.

Eu Recomendo este filme DEMAIS! Muito MESMO e dou 5 cérebros pra ele.
olhem uma comparação dos personagens

NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos
NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos
NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos
NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos
NightOfTheLivingDeadNew A Noite dos Mortos Vivos

PS: O filme faz parte do domínio publico, ou seja, você pode fazer download dele sem ter que pagar nada, e nem precisa ter medo de o FBI invadir a sua casa.
O link do filme no youtube esta aqui.
http://www.youtube.com/watch?v=BBc18J5cUcs

PS2: Descobri uma porrada de filmes de terror das antigas que são parte do domínio publico.

PS3: Ok galera vou me despedindo por aqui.

Joubert Maia

Co-fundador do Cinema de Buteco, é formado em Relações Públicas e Publicidade e Propaganda pela PUC Minas.
Faz parte do núcleo Mineiro do Cinema de Buteco, é responsável pelas promoções, layout e facebook da página.

Comentários

  1. Ótimo post! Até animei em ver o filme de novo! HAHAHAHA
    Tem uns personagens q ficaram MUITO iguais! xD

    E corrigindo o post do Junnel, o remake de 1989 só usou o mesmo roteiro do George A. Romero, a direção e produção são diferentes!

    Taí uma coisa engraqçado do Romero, ele permite q as pessoas façam remakes sem pagar nada a ele! Por isso o filme é público! E por isso os 3 filmes mais antigos possuem remakes recentes, tirando a Noite! =P