Amaldiçoados

por Tyler

Wes Craven e Kevin Williamson foram os responsáveis pelo terror voltar a ter respeito e admiradores ao redor do mundo. Depois da parceria vitoriosa na franquia Pânico, eles retornam para tentar recuperar o charme dos lobisomens. O resultado de Amaldiçoados poderia ser quase que um desastre completo, mas as atuações inspiradas de Milo Ventimiglia (Peter Petrelli do seriado Heroes) e Jesse Einsenberg (A Rede Social) são o bastante para evitar o fiasco. Quer dizer, o completo fiasco.

Amaldiçoados conta a história de um casal de irmãos Ellie (interpretada por uma Christina Ricci completamente sem sal, orégano ou tempero algum que preste) e Jimmy (Einsenberg) que depois de sofrerem um acidente de carro e serem mordidos por um lobo gigante, passam a ter uma vida um pouco diferente. Jimmy pesquisa na internet sobre ataques de lobos e acaba descobrindo que ele e a irmã foram contaminados pela maldição da licantropia. Ellie duvida do irmão, mas aos poucos vai descobrindo a verdade e passa a suspeitar que o namorado (Joshua Jackson) foi o responsável por sua transformação.

O longa é recheado de diálogos engraçadinhos e situações divertidas, como por exemplo a sequência em que Bo (Ventimiglia) se declara gay e que está apaixonado pelo “magnetismo sexual elevado” de Jimmy. Aliás, o personagem de Einsenberg vai sofrendo mudanças drásticas no seu estilo de cabelo e acaba sendo impossível não se lembrar de como essas mudanças foram desastrosas no visual de Peter Parker em Homem Aranha 3. Amaldiçoados consegue divertir e prender a atenção daqueles que querem simplesmente buscar um alívio para os problemas do dia a dia. Claro que ser adolescente vai ajudar muito nessa suposta diversão.

Better Now @Collective Soul

a música tema do filme lembra as coisas que rolam na trilha da série True Blood, ou seja, é de qualidade e vale a pena ouvir e curtir o country rock.

Tyler