Piranha 3D

Olá Pessoal! Sumi demais não é mesmo?

Desde o dia 10 do 10 de 2010, no post das 10 perguntas sobre o filme nota 10 chamado a fúria de titãs.
Que também teve um post do nosso querido amigo @2T_dias metendo o pau no filme , e que eu confesso discordar muito dele, afinal se o filme for levado como puro entretenimento vale a pena apesar de deixar vários questionamentos, mas …ah… deixa quieto… Talvez eu tenha gostado tanto do filme por tê-lo assistido numa companhia agradabilíssima.

Briguinhas internas à parte, vou deixar para ele encher o saco depois que eu publicar este post sobre o filme Piranha 3D.

Pois como nós prometemos após promover a campanha Piranha 3D para o Oscar, aqui está o nosso post.


Suor, Sexo e Sangue UAU!

Bem, estava eu numa bela tarde de domingo ensolarado quando estava dando uma voltinha pela locadora BitTorrent quando me deparei com um filme lotado de pessoas interessadas em locá-lo (se é que você me entende).
Confesso que a princípio tive uma preguiça feelha da pulta de gastar 1 hora e 20 da minha vida, assistindo um filme que:
1 – Tem um nome de um animal (aprendi isso depois de assistir Anaconda);
2 – Não bastasse ter nome de bicho ele ainda vinha seguido de um nú

mero, ou seja, uma sequência (aprendi isso assistindo Anaconda 2);

3 – Filmes de terror com animais em 3D não costumam ser bons.

Mas mesmo com todos estes avisos de experiências passadas e a acusação (incabida) de estar locando filmes pornôs… (captou? Piranha 3D? AHA!), eu mantive a minha cabeça erguida e me submeti a esta que a princípio seria uma tortura.
E sabe o que aconteceu?
Vou confessar que eu estava tremendamente enganado com as minhas expectativas relacionadas a este filme que tinha tudo para me decepcionar.

Não estamos falando de grandes atuações, cenas incríveis, mas sim de uma história que apesar de ter tudo para ser sem pé nem cabeça, e de fato o sendo, o filme acaba que de uma forma ou de outra prendendo a atenção de quem assiste.
E olha que eu não estou falando das cenas que rolam atrizes pornôs peladas (porque realmente assistir SBT domingo a tarde é muito mais vulgar do que qualquer cena deste filme, duvida?)
Compare:

Enfim, já falei que a história é sem pé nem cabeça, já falei que tem cenas de nudez, mas ainda nem toquei na história do filme então é para lá que eu vou agora.

O filme se passa na cidade de Lake Victoria, uma pacata cidadezinha norte-americana que se vê invadida durante as férias de primavera por milhares de jovens malucos e piranhas de todos os tipos.


Um período onde a cidade simplesmente para e todos os jovens ficam em seus barcos bebendo, usando drogas e fazendo orgias (só para entender, se o filme se passasse no Brasil, estaríamos falando do carnaval.)
Mas como nem tudo é festa para todo mundo e alguém sempre tem que trabalhar nesta MERDA ENQUANTO TODO MUNDO SE DIVERTE (ops, desculpem por me exaltar.)

É numa dessas buscando a sua irmãzinha na escola de música, que o jovem Jake (Steven R. McQueen) conhece a belíssima Danni (Kelly Brook) e o seu produtor Derrick Jones (Jerry O’Connell) e é automaticamente contratado por ser um “Rato de areia” jovem e que não está simplesmente buscando diversão.


Jake é contratado para mostrar ao senhor Jones as melhores e mais bonitas locações para a sua super produção de um pornô em um iate!

Tudo isto rolando em paralelo com uma invasão de piranhas da era MESOLÍTICA (não me pergunte como eu sei disso) que se libertaram de uma caverna sub-aquática (óbvio que seria sub-aquática, seu animal) que teve sua abertura com um abalo sísmico.
As Piranhas (segundo um Expert em Peixes) sobreviveram por mais de 2 milhões de anos em uma caverna completamente isolada de todo o resto, praticando CANIBALISMO! (música de suspense).

Sério mesmo, a proposta do filme é muito bem atendida, pois consegue te deixar agoniado com as cenas de suspense, enojado com as cenas de matança e muito, mas muito entretido com as piadinhas infames.

Se for assistir este filme, finja que NÃO leu este post, e tente assistí-lo sem esperar nada de bom, os resultados PODEM ser divertidos.

Mas como já disse lá em cima, ele me divertiu e eu preferi tê-lo assistido a ter gastado meu tempo assistindo Gente Grande.

Eu dou Três Caipirinhas, pela surpresa.

  • Wendel Wonka

    Olha só, quem diria! Vou ali na uTorrent alugar e já volto!

  • pseudo-autor

    Eu achei Piranha 3D o retrato da juventude imbecil norte-americana. Total desperdício de tempo, fora a mistura de humor e tragédia totalmente fora de propósito. Mais um pra coleção de loucuras que o Alexandre Aja dirige.

    Cultura na web:
    http://culturaexmachina.blogspot.com

  • 2T

    Digno de risadas eternas.

    Alexandre Aja não é mais uma promessa. Já se revelou como um cara de muito mal gosot…

  • Junnel

    Eu defino como camp. O filme e toscamente bem feito e isso se vê pelo alto investimento de mais de 24milhoes kkkk ta certo que só arrecadou 25 milhões mas arte camp êh divertida por isso … O tosco mal feito ou Nao.
    E outra o ponto mais engraçado só ré o filme foi o apelo de apóie piranha 3D para o Oscar…. Porra o pedido e cômico. Nao acho mesmo que seja perda de tempo, afinal se for olhar assim nenhum filme presta e todos sao perda de tempo. E tenho dito

  • Junnel

    Eu defino como camp. O filme e toscamente bem feito e isso se vê pelo alto investimento de mais de 24milhoes kkkk ta certo que só arrecadou 25 milhões mas arte camp êh divertida por isso … O tosco mal feito ou Nao.
    E outra o ponto mais engraçado só ré o filme foi o apelo de apóie piranha 3D para o Oscar…. Porra o pedido e cômico. Nao acho mesmo que seja perda de tempo, afinal se for olhar assim nenhum filme presta e todos sao perda de tempo. E tenho dito

Joubert Maia

Co-fundador do Cinema de Buteco, é formado em Relações Públicas e Publicidade e Propaganda pela PUC Minas.
Faz parte do núcleo Mineiro do Cinema de Buteco, é responsável pelas promoções, layout e facebook da página.