Directors That Rock! | Cinema de Buteco
Críticas de filmes

Directors That Rock!

PREPAREM AS TACHINHAS, TIREM AS JAQUETAS de couro do armário e coloquem a pipoca no microondas!

Todo mundo sabe que o mundo do cinema e o mundo da música andam juntinhos. Mas o que alguns não sabem é que muitas vezes eles viram um só. Não só nos filmes musicais, nas óperas-rock ou nos filmes biografia de músicos/bandas. Alguns diretores de cinema como Sofia Coppola, Michel Gondry e Spike Jonze passeiam muito mais na música do que se imagina! O Gondry inclusive já tocou até bateria numa banda!

O Gondry (ésse dois coraçãozinho) apareceu mais na tela da MTV do que nas telas do cinema, por exemplo. O Spike Jonze também. E ambos fizeram filmes emblemáticos, como Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças e Quero Ser John Malkovich (respectivamente). Já a Sofia Coppola é cineasta/groupie mór do rock (mais até que a Kate “Quase Famosos” Hudson que recentemente deu a luz ao filho do nosso querido Matt Bellamy)! Além de seus filmes terem as trilhas sonoras recheadas de clássicos e pérolas do Rock’n’roll, e dela ser casada com o vocalista da banda Phoenix, ela dirigiu alguns clipes também! Pena que nenhum foi do Strokes (risos).

Pelo menos um desses três habita o coraçãozinho dos membros do Buteco. E certamente nenhum deles passou despercebido por você que está lendo esse post. Ou vai dizer que você não viu Brilho Eterno ou O Besouro Verde nem o clipe de I Just Don’t Know What to Do with Myself do The White Stripes, com a linda e loira Kate Moss (que também abriu o armário groupie dela e casou com o Jamie Hince do The Kills)? Nunca assistiu Onde Vivem os Montros ou o clipe de Everlong do Foo Fighters? Nem o clipe de Buddy Holly do Weezer ou o filme Maria Antonieta? Fala sério então! Vamos resolver isso agora!

Pega a pipoca do micro-ondas, se acomoda na cadeira aí e assiste:

The White Stripes – I Just Don’t Know What To Do With Myself (por Sofia Coppola)

Weezer – Buddy Holly (por Spike Jonze)

Foo Fighters – Everlong (por Michel Gondry)

Lembra de mais algum cineasta que passeia pela música? Conta pra gente (Y)

Ju Lugarinho

Ju Lugarinho é aspirante a psicóloga e amante...: da fotografia, do cinema, da música e, principalmente, dos bons chocolate. Adora todo babado e confusão, e suporta muito bem as criancinhas.
Parte da elite carioca do Cinema de Buteco, só funciona sob pressão, e no Buteco escreve sobre aqueles filmes que todos amam, ou odeiam, tanto faz.

Comentários

  1. Clipes por diretores eu num lembro, mas diretores dando uma verve "clipesca" aos seus filmes…

    Baz Lurhmann e seu lindo Moulin Rouge com Mashups fodásticos e escolhas musicais acertadíssimas.

    Anton Corbjin tem feito uns filmes menores, mas notório mesmo é seu eterno affair com o U2 (ou Bono Vox…), Nirvana, Depeche Mode e e mais recentemente, o Viva la Vida, do Coldplay.

    E vou parar por aqui porque deveria estar dormindo há horas, mas o texto acertadíssimo do CdB me trouxe da terra de Morpheu.

    Aliás, Gondry e Brilho Eterno são, eternamente, esse dois esse dois ^^

  2. Sel, Moulin Rouge pra mim é revolucionário! Hahahaha!

    A idéia do filme é ótima, e muita gente só conheceu aquelas músicas pq apareceram no filme! Não vou citar nomes não, mas é daqui! Hahahaha!