Harry Potter e a Pedra Filosofal.


O primeiro livro e por conseqüência o primeiro filme da série deste bruxinho que (quase) inexplicavelmente conquistou o mundo.
Eu confesso que em 2001 (no auge dos meus 16 anos) ao assistir este filme que na época foi febre, eu achei uma coisa ridiculamente patética e não consegui entender por que todos os meus amigos eram tão fissurados neste bruxinho de merda com óculos de armação redonda.
O fato de ter assistido o filme, atrasou em no mínimo uns 5 anos o fato de ter lido os livros (que realmente são bons e conseguem te prender).
Entretanto, após ler a serie 2x, e rever o filme para escrever este post, nem o achei tão ruim. Talvez por estar familiarizado com Hogwarts e etc.
Vamos ao filme. A série se passa nos 7 anos que Harry Potter passa na escola de bruxos de Hogwarts (onde cada livro representa um ano).
Neste primeiro volume, Harry tem 11 anos, e é convocado para ir estudar bruxaria na escola de magia de Hogwarts. Harry um menino magrela, que vive num quartinho embaixo da escada na casa de seus tios Petunia e Walter e é sempre maltratado por eles e seu primo Duda. De repente se vê num mundo inteiramente mágico e como se não bastasse, neste novo mundo ele é uma super celebridade por ter sobrevivido ao ataque do maior bruxo das trevas, Lord Voldemort.
Como já disse, eu já odiei este filme da primeira vez que eu o vi, entretanto, recomendo extremamente que os livros sejam lidos primeiro.
E tenho dito.
Trailler

Ficha técnica
Título Original: Harry Potter and the Sorcerer Stone
Gênero: Aventura
Tempo de Duração: 152 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Inglaterra): 2001
Direção: Chris Columbus
Roteiro: Steven Kloves, baseado em livro de J.K. Rowling
Produção: David Heyman
Música: John Williams
Elenco
Daniel Radcliffe (Harry Potter)
Rupert Grint (Ronald “Rony” Weasley)
Emma Watson (Hermione Granger)
Richard Harris (Alvo Dumbledore)
Alan Rickman (Professor Severo Snape)

- Advertisement -

Comentários