Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Hot or Not – 12 Rounds

Mais uma semana de Hot or not! Desta vez com o filme 12 rounds.

12 Rounds

Estrelado por Matt Dammon, John Cena, conta a história de Danny Fischer um policial muito empenhado na realização de suas funções. Ele, juntamente com seu parceiro Hank Carver (Eddie Murphy Brian White) conseguem, por estarem na hora certa e no lugar certo, prender um contrabandista internacional de armas. Graças a isto os dois são promovidos ao cargo de detetives.

- Advertisement -

John Cena x Matt Damon

Tudo bonito, tudo belo, mas isto é só o começo. Exatamente um ano após este acontecimento, o contrabandista, Milles consegue fugir da prisão e parte atrás de Danny para ter a sua vingança, nem tanto por ter sido preso, mas por ter tido sua mulher morta durante a tentativa de fuga.

Miles sequestra a mulher de Danny e promete fazer com que ele sinta a mesma dor que ele mesmo sentiu quando sua mulher foi morta, a menos que o nosso herói consiga realizar 12 tarefas, (cada uma marca um round).

O filme é uma mistura (bem rala) de jogos mortais, com duro de matar. E é basicamente feito com ação, MUITA ação, e câmeras tremidas para dar o tom de urgência.

A questão é que, salvo raríssimas exceções, um filme que passa na tela quente tem que ter algum defeito. E este (infelizmente) não é o caso.

Fora a atuação fraquíssima  EM GERAL (o que deve piorar ainda mais com o filme dublado), a história começa com uma proposta interessante, mas torna-se extremamente superficial e chega a beirar o banal já que o policial não deixa passar SEQUER UMA PISTA deixada pelo sequestrador e resolve cada tarefa EXATAMENTE como esperado com uma incrivel precisão cirúrgica.

Hot or not?

Quer saber se o filme é bom? Bem, eu pessoalmente não perderia o meu tempo assistindo a este filme.

Quer saber o final do filme?

CLARO que eu conto, mas como ninguém é obrigado a ler, o texto só vai aparecer se você cumprir um simples round.

Round 1

– Miles destroy a casa de Danny

Round 2

– Sequestra Molly, a esposa de Danny e passa a instrução de que um celular aleatório irá tocar em algum local da cidade dentro de 15 minutos, e que o detetive deveria procurar por uma pista no local onde os dois se conheceram (o local onde Miles foi preso)

Round 3

– Chegando ao local, os dois detetives encontram uma parede pichada com números, imediatamente Danny entende como coordenadas, com ajuda da polícia eles descobrem o endereço, e que neste local fica o prédio do corpo de bombeiros, local onde o irmão de Danny trabalha.

Round 4

– Após conseguir evacuar o prédio do corpo de bombeiros, todos ficam parados na porta, esperando para que um telefone toque. E sim, ele toca, numa loja da Motorola, localizada em frente ao corpo de bombeiros. O quarto round começa quando Miles informa que o policial deve ir ao prédio de poupanças e empréstimos, e retirar duas caixas de segurança marcadas com os números salvos no celular que ele pegou na loja. Neste round Danny e Hank se separam, eles são um soquinho de Brows e cada um vai pro seu lado. Nesta hora o FBI brota da terra, querendo interferir diretamente nas investigações e explicam ao marido desesperado  como Miles fugiu da prisão.

Round 5

– Danny pega as duas caixas e liga pra Miles, e ele recebe a missão do quinto round. Uma das caixas tem 1kg de explosivos, a outra tem a dica para o sexto round. Danny precisa atravessar 23 quadras em 7 minutos para que a bomba desarme. Miles ainda sugere que Danny o faça usando um caminhão do corpo de bombeiros. Descobre-se que o incêndio na verdade era apenas uma bomba de gás.

Round 6

– Danny chega bem a tempo no cais, e consegue diferenciar a caixa com a pista da caixa com a bomba pelo fato de uma apitar, e a outra fazer um barulho de campainha… Ele joga a caixa certa bem a tempo na água e usando uma serra, abre a caixa e descobre dentro um cartão de acesso de um hotel que fica nas redondezas. O FBI fala que se Danny conseguir segurar Miles no telefone por 30 segundos, eles conseguiriam o rastrear.

Round 7

– Danny e o FBI chegam ao hotel, Danny vê algumas fotos de Molly amarrada na cama, enquanto isso o outro agente do FBI investiga as câmeras de segurança. Ao ver o rosto de Miles, eles param e veem que ele esta mostrando uma plaquinha que diz: Nós ainda estamos aqui. E ao continuar seguindo após isto, eles descobrem que Miles foi com um funcionário do hotel até a área de manutenção do hotel. Danny procura o funcionário e ao entrarem no elevador (muito velho) de acesso à área em questão ele para, celulares fora de ar, e então os dois tentam pegar o telefone de emergência. Ao pegar, encontram um PDA com uma mensagem gravada por Molly. Dizendo que em 60 segundos o elevador vai cair, e um dos dois vai morrer, bem, nenhum dos dois quer morrer, então Danny sai pela saída de emergência, e tenta ajudar Willie, que consegue sair pela mesma porta mas não consegue se agarras às grades e morre. A queda do elevador ocasiona em um vazamento de gás. O telefone toca, Miles se lamenta pela morte de Willie, zoa a cara de Danny, e fala que se o FBI continuar tentando rastreá-lo, que Molly irá morrer instantaneamente. Em seguida da a dica para o próximo round dizendo que a pista esta atrás da foto de um homem solitário dentro do lobby do hotel. Danny acha a pista que tem um endereço de uma quadra, Miles fala que se Danny for sozinho ele tem 50/50 de chances de ganhar ou perder.

Round 8

– Danny percebe que 5050 é o número do ônibus que passa no local na hora exata em que Miles disse para ele estar lá, Danny entra no ônibus e encontra Molly, com uma bomba amarrada em seu corpo e que explodiria caso Miles não ficasse com o dedo no detonador. O FBI usa atiradores de elite para tentar matar Miles, mas Danny salva a vida de Miles, Molly e de todas as pessoas que morreriam caso a bomba explodisse. Miles entrega a Danny um envelope.

Round 9

– Dentro do envelope há uma folha com 5 telefones, Danny tem que escolher um dos números e ligar, cada um dos 4 ativa um dispositivo aleatório na cidade, e apenas um o leva direto para o proximo round. Danny liga para um, e este desativa os freios e rádio de um bonde na região central da cidade. Danny percebe que a unica maneira de fazer o bonde parar é fazê-lo ficar sem energia, e então joga seu carro contra uma central de distribuição energética e deixa metade da cidade sem energia (mas para o bonde).

Round 10

– Depois disso o telefone toca, Miles conta para Danny que seu amigo Hank está em um prédio prestes a matar um amigo seu, Deluso, e que caso isso aconteça… o round 11 começa.

Round 11

– no round 11 Miles irá matar o melhor amigo de Dany. E de fato acaba o fazendo, entretanto ele também é o responsavel pela morte de seu amigo Deluso. (ou seja, ele mata os dois).

Round 12

– Danny tem que encontrar Molly, pois só ele pode desarmar (com sua digital) uma bomba que esta amarrada a seu corpo.

Fim dos 12 rounds

E começa o brilhantismo de Danny, pois ele percebe que todas as ações de Miles são pensadas, e que na verdade, ele precisava que o policial fizesse com que a energia da cidade acabasse, e roubasse um caminhão de bombeiros, para que este fosse usado em um assalto milionário num prédio onde as notas antigas de 50 e 100 dólares estavam aguardando para serem destruidas. para entrar no prédio, Miles usa o cartão de identificação de Willie (o segurança que morreu no round do elevador), joga todo o dinheiro na água, usa o caminhão de bombeiros para bombear as notas para dentro do tanque, e pretende usar Molly (que é piloto do helicóptero do hospital da cidade) para fugir.

Porém como Danny percebe isso a tempo, ele vai direto ao heliponto do hospital, entra no helicóptero, arrebenta a cara de Miles, e salta com sua amada em uma piscina na cobertura de um prédio, deixando o bandido dentro para explodir junto com sua bomba.
FIM.


E ai? Vai encarar?

 

Título original: 12 rounds
Direção:Renny Harlin
Lançamento: 2009
Nota:[umaemeia]

Comentários