Notas internas | Cinema de Buteco
Críticas de filmes

Notas internas

Fazia um tempo desde que publiquei a primeira notinha interna do Cinema de Buteco e agora chegou um bom momento. Aproveitando que temos sangue novo na equipe, recomeçaram novamente os esforços por um layout básico (ao contrário daquela coisa simples e sem graça que caracterizava o Buteco desde sua criação dois anos atrás) e o primeiro resultado é este que vocês estão vendo agora. Aprovaram?

De qualquer forma é algo provisório e que se tudo der certo, não vai durar muito tempo. A outra questão que vamos começar a estudar é a migração definitiva para o .com.br. Em tempos onde todo mundo fala de cinema na internet é sempre bom mostrar que o Cinema de Buteco, apesar de ser um site que foca na diversão acima de tudo, é um veículo sério e que cresce cada vez mais aos olhos do público e, principalmente, dos seus idealizadores. Adicionar um pouco mais de maturidade e responsabilidade para o Buteco só vai trazer melhorias. Além de manter o nosso tom de conversa fiada em buteco, que afinal é o que conquistou essas milhares de visitas e reconhecimento.
Pensando em formas de melhorar o Cinema de Buteco, conseguimos o reforço de peso de Cristiano Contreiras, o dono do site Apimentário. Para quem ainda não visitou a página, é um reduto dos filmes com uma temática sexual e que virou parada obrigatória para todos que apreciam uma crítica que mistura sensibilidade, técnica e polêmica. Contreiras chegou para somar e é uma das pessoas por trás do planejamento de remodelação do Buteco. Mas não queremos parar por aí. Estamos de portas abertas para aqueles que querem escrever e falar de cinema. Para os interessados, basta entrar em contato pelo twitter @cinemadebuteco ou no @2t_dias (que é o meu endereço pessoal).
A equipe do site agradece demais a cada pessoa que faz questão de puxar uma cadeira, pegar uma caipirinha e curtir as nossas opiniões. Obrigado pelas visitas, pelo carinho e atenção. Justamente por existir um público fiel é que o Cinema de Buteco encara as dificuldades e continua firme e forte na rede. Obrigado mesmo! E vamos em frente!

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.

Comentários