Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Os Suspeitos

QUEM É KEYSER SOZE? Quem é a mente diabólica por trás de um rastro de crimes? Essas perguntas percorrem toda a narrativa de Os Suspeitos, que é conduzida por Verbal Klint (Kevin Spacey) e pelo agente federal Dave Kujan (Chazz Palminteri). Verbal é um aleijado falastrão que foi preso na cena de uma matança no cais de São Pedro, na Califórnia. Dave é o responsável pelo interrogatório e tenta reconstruir os fatos que levaram à explosão de um navio, de onde só há dois sobreviventes: o aleijado e um húngaro, com 60% do corpo queimado.

Tudo começa, na verdade, seis semanas antes da explosão, quando cinco criminosos são colocados numa mesma sala à espera de serem interrogados. Dean Keaton (Gabriel Bryne), Fred Fenster (Benicio Del Toro), Michael McManus (Stephen Baldwin), Todd Hockney (Kevin Pollak) e Verbal Klint (Spacey) decidem se juntar e realizar um assalto. Sem mortes, assegura Verbal. O roubo leva a uma série de consequências e o bando vai topar com Keyser Soze, o misterioso chefão do crime, o diabo, que tudo sabe, que nada deixa escapar. Enquanto o bando está na Califórnia, o interlocutor de Soze, Kobayashi, propõe que os cinco participem da ação no navio, para limpar a barra com o bandidão. Sem escolha, eles se preparam para a ação.

Keyser Soze é quase uma lenda. Ninguém o viu – quem viu não ficou vivo para contar. Todos se referem a ele como um mercenário. A simples menção de seu nome causa temor e pânico. Ele tem uma rede de informações muito bem montada, sabe de tudo e age rapidamente, sem piedade.

- Advertisement -

O enredo é eletrizante. Tanto que as pontas soltas são até deixadas de lado. Por exemplo, não fica exatamente claro qual o objetivo de Soze com a ação no navio e como cada um dos cinco envolvidos foram enredados por ele. Mas isso não importa. O espectador é levado a acreditar em uma coisa e se surpreende no final, junto com Dave Kujan. Grande parte das pessoas que assistem ao filme acreditam que ver pela segunda vez pode ajudar a compreender todas as peças lançadas pelo roteiro e pela direção, como se isso pudesse solucionar o mistério antes das últimas cenas. Na minha opinião, é uma doce ilusão. Os Suspeitos pode ser visto várias vezes e não vai deixar de surpreender. O filme ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original, para Christopher McQuarrie, e de Melhor Ator Coadjuvante, para Kevin Spacey.

 

 

Título original:  The usual suspects

Direção: Bryan Singer

Produção: Michael McDonell, Bryan Singer

Roteiro: Christopher McQuarrie

Elenco: Gabriel Bryne, Kevin Spacey, Stephen Baldwin, Chazz Palminteri, Benicio Del Toro, Kevin Pollack

Oscar: Kevin Spacey (ator coadjuvante), Christopher McQuarrie (roteiro original)

Lançamento: 1995

Nota:

Comentários